Opinião: Mudanças de Tite são decisivas para vitória do Corinthians

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Com muito sofrimento, o Corinthians bateu o Coritiba (2 a 1), na noite deste sábado, na Arena Corinthians, e pode garantir o título brasileiro já neste domingo sem entrar em campo. E mais uma vez, Tite teve papel fundamental em uma vitória alvinegra.

LEIA MAIS:
Corinthians x Coritiba: Timão bate recorde de público na Arena
Pênalti? Bola bate no braço do corintiano Edílson e árbitro deixa o jogo seguir

No decorrer do segundo tempo, com a má atuação da equipe, o treinador botou em campo o atacante Lucca e o meia Danilo, respectivamente nas vagas dos atacantes Malcom e Vagner Love. Os reservas tiveram participação direta no triunfo corintiano. Aos 42, Edílson cruzou, Danilo desviou de cabeça e Lucca marcou o gol da vitória corintiana.

Contra o Coxa, o Corinthians não foi nem sombra daquele time que envolveu o Atlético-MG, no último final de semana, em Belo Horizonte. Fez a sua pior partida no returno. Foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, com gol de pênalti de Jadson, porém, errando passes em demasia e dando muitos espaços ao adversário. Claramente, os jogadores entraram no clima de já ganhou da torcida. O próprio meia Renato Augusto reconheceu isso. É difícil manter a concentração sabendo que a diferença para o vice-líder antes do início da rodada era de absurdos 11 pontos, faltando apenas cinco jogos para o fim da competição. O título está no papo. É questão de pouco tempo para a matemática confirmar.

O segundo tempo alvinegro foi ainda pior. O Coritiba precisou de apenas um minuto para empatar com o elétrico Negueba, aproveitando-se falha de marcação de Guilherme Arana. A equipe paranaense ainda teve duas chances claras para virar. Na primeira, Henrique Almeida bateu para grande defesa de Cássio. Na segunda, Negueba carimbou a trave. É verdade que o alvinegro respondeu com Elias. Rafael Marques evitou gol de letra do volante. Malcom ainda bateu cruzado para grande defesa de Wilson.

Mesmo assim, o Coritiba seguia melhor. Ignorava a presença de mais de 43 mil alvinegros, atacava o adversário e tentava os três pontos fora de casa. O empate, na teoria, não era um resultado ruim, embora os visitantes seguissem na zona do rebaixamento. O castigo veio aos 43 minutos, quando a torcida corintiana já parecia estar conformada com o 1 a 1. Com assistência de Danilo, Lucca deu mais três pontos ao Timão, que pode garantir matematicamente o hexacampeonato brasileiro já neste domingo desde que o Atlético-MG não derrote o Figueirense, em Florianópolis.

O grande craque corintiano neste sábado não ultrapassou as quatro linhas. Tite mostrou mais uma vez que é disparado o melhor técnico do futebol brasileiro.

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)