Para Fernando Prass, Palmeiras está muito a frente do Vasco: “Não tem comparação”

Palmeiras
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Fernando Prass é um nome conhecido de torcedores vascaínos e palmeirenses. O atual arqueiro do Verdão, que chegou ao clube em 2013, também defendeu o Gigante da Colina entre as temporadas 2009 a 2012, conquistando títulos e marcando seu nome na história do clube. Em entrevista ao O Globo, o goleiro comentou sobre as diferenças entre os dois times.

LEIA MAIS:
Que sorte! Árbitro de Palmeiras x Vasco não apitou derrota do Verdão em 2015
Relembre 5 jogadores que já salvaram o Vasco contra o Palmeiras

Segundo Prass, a estrutura física que ele encontrou no Palmeiras é muito superior a do Vasco, o que também pode ser um dos motivos da diferenças entre os dois times na tabela:

“Tinha que deslocar toda a estrutura de fisioterapia e funcionários para depois voltar num trânsito horrível. Não tínhamos concentração para treinar em dois períodos em São Januário. Dificilmente podia fazer um treino fechado, pois sempre estava aberto para imprensa e torcida. Muitas vezes era preciso ir para Pinheiral ou Mangaratiba para ter uma privacidade maior. Em termos de estrutura física não tem comparação. A estrutura dos clubes paulistas está muito à frente dos times do Rio. O Palmeiras tem uma estrutura que eu sempre cobrava e brigava no Vasco para ter uma condição melhor para treinar”, desabafou Prass.

Para ele, o Vasco precisa mais do que um milagre para não ser rebaixado: precisa de um bom milagre.

“Está feio, está difícil. Vai precisar de um bom milagre. Virou o turno com 13 pontos. Isso é absurdamente impensável para um time que quer se manter na primeira divisão. Está pagando pelo início da competição. Mas vamos enfrentar um time totalmente modificado e num momento muito melhor. Nos últimos 10 jogos, perdeu um só”, afirmou Fernando Prass, que reencontrará seu ex-clube neste domingo, às 17h.

Cesar Greco/Ag.Palmeiras