Paulistas ampliam domínio nacional com títulos do Brasileirão e da Copa do Brasil

Getty Images

O ano de 2015 ainda não acabou, faltando definir o campeão da Copa do Brasil. Mas já é fato que ele é paulista, já que a final será entre Santos e Palmeiras, na primeira vez em que dois clubes de São Paulo fazem essa final. Como o Corinthians ganhou o Brasileirão na semana passada, é fato que os paulistas ampliaram ainda mais um domínio histórico dos títulos nacionais no futebol brasileiro.

Palmeiras ou Santos, seja quem for o vencedor, dará ao futebol de São Paulo o 41º título nacional de sua história. Contam aí o Brasileirão em todas as suas fases, de 1959 até os dias de hoje, a Copa do Brasil, a Supercopa dos Campeões Brasileiros, a Copa dos Campeões,o Torneio dos Campeões da CBD, Copa dos Campeões da Copa Brasil e o Torneio dos Campeões Estaduais, muito antigamente.

Não entram na conta os títulos de divisões inferiores do Brasileirão, nem de ligas ou torneios regionais. O segundo colocado é o Rio de Janeiro, com 22, quase 20 a menos que os paulistas terão ao fim de 2015.

O terceiro lugar fica com o Rio Grande do Sul, com 12 títulos, empatado com Minas Gerais. O critério de desempate fica pela quantidade de times campeões nacionais de cada estado. Os gaúchos têm três times, lembrando que o Juventude ganhou a Copa do Brasil de 1999. Os mineiros têm títulos nacionais apenas da dupla Cruzeiro e Atlético-MG.

Além de maior vencedor, o estado de São Paulo é quem mais fez campeões nacionais em termos de quantidade de clubes. São oito. Além dos quatro grandes, foram campeões nacionais o Guarani (Brasileiro de 1978), Paulista (Copa do Brasil de 2005), Santo André (Copa do Brasil de 2004) e o antigo Paulistano (Copa dos Campeões Estaduais).

Foto: Getty Images



Editor do Torcedores.com, está no site desde julho de 2014. Repórter e apresentador da TV Torcedores. Formado pela Universidade Metodista de São Paulo, já passou por UOL, Editora Abril e Rede Record. Participou da cobertura da Copa do Mundo de 2014, de dois Pans, dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e do Rio 2016.