Possível foguetório da torcida do Santos muda planejamento do Palmeiras

A cidade de Santos já vive o clima da decisão da Copa do Brasil entre o time da casa e o Palmeiras, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. E uma possível pressão da torcida alvinegra fez com que o clube alviverde alterasse a sua programação.

O time de Marcelo Oliveira dormiu em São Paulo na noite de terça para quarta-feira e viajou para Santos na tarde do dia da partida. O elenco desembarcou em um hotel no bairro de Gonzaga por volta das 15h. A previsão é que a saída para a Vila aconteça às 20h30.

O diretor executivo do clube, Alexandre Mattos, falou sobre a decisão do clube de permanecer em São Paulo e afirmou que o time evitou a possibilidade de os jogadores terem o sono atrapalhado pelo tradicional foguetório.

“Infelizmente em Santos antes tem aquela coisa de soltar foguete durante a noite, aquelas bobeiras que não ganham jogo. Nossa maior dificuldade é o adversário dentro de campo. Isso não é nenhuma novidade (viajar no dia do jogo). Fizemos sem problema nenhum”, disse Mattos ao Fox Sports.

O lateral esquerdo Egídio, provavelmente reserva no duelo, negou que o elenco possa ser prejudicado. “Estamos focados para a final”, disse.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.