Quem é melhor? Compare o elenco atual do Corinthians com o time que aplicou o 7 a 1

Crédito da foto: Reprodução

Apesar do placar ser histórico e motivo de piada por parte dos corintianos, o time responsável pelo 7 a 1 de 10 anos atrás pouco é lembrado. Salvas as exceções, como Carlitos Tevez e Nilmar, o elenco do Corinthians que se sagrou campeão brasileiro de 2005 correria o risco de cair no esquecimento, se não fosse o placar histórico. Esse ano, o time deve ser novamente campeão brasileiro e conta com quatro jogadores convocados para a seleção brasileira, com um elenco e estilo de jogo totalmente diferente de 2005.

LEIA MAIS:
7 corintianos que você pode não se lembrar, mas que estiveram no 7 a 1 sobre o Santos

Na época da parceria com a MSI, o Corinthians tinha como destaque o argentino Tevez, autor de três gols naquela tarde. Na partida, o time vinha desfalcado e com diversas alterações. Os argentinos Sebá Dominguez e Mascherano estavam de fora, e o time foi escalado com: Fábio Costa, Marcelo Mattos, Marinho, Wendel e Eduardo Ratinho; Bruno Octávio, Rosinei, Carlos Alberto e Hugo; Tevez e Nilmar.

Comparemos ao time atual. Fábio Costa vivia grande fase, fechando o gol corintiano e já tendo sido campeão brasileiro com o Santos, em 2002. Hoje, Cássio vive seu melhor momento pós Mundial de 2012, sendo convocado para a seleção. Na zaga, Gil e Felipe comandam a melhor defesa do Brasileirão, enquanto naquela época Marinho passava desconfiança para a fiel torcida. Bruno Octávio, volante tido na época como revelação, não conseguiu se firmar. Ficou no clube até 2009, fazendo apenas 104 jogos em 5 anos. Hoje, Ralf é capitão do time, e faz o primeiro combate antes da zaga, além de ser um multicampeão pelo timão.

Do meio pra frente a briga melhora. Naquela época, Carlos Alberto retornava da Europa como campeão da Champions League pelo Porto, tendo sido treinado por José Mourinho e feito um gol na final de 2004. Comparado a Jadson e Renato Augusto, podemos declarar um empate, pelos jogadores atuais serem protagonistas do atual elenco. Já no ataque a história é outra. Em 2005, Carlitos Tevez era capitão e goleador do time, com 20 gols naquela edição da competição. Ao seu lado, Nilmar dava velocidade ao time, auxiliando o argentino com gols e assistências. Atualmente, o ataque corintiano vive altos e baixos com Love e Malcom. O primeiro sofreu para cair nas graças da torcida, e ainda não mostra o faro de goleador que se espera. Malcom, por sua vez, é uma das crias da base em que torcida e clube colocam muitas expectativas, que ainda não corresponderam completamente.

Abaixo, confirma lado a lado os dois elencos, com os destaques para o melhor jogador de cada posição (na singela opinião de quem vos escreve).

Fábio Costa x Cássio
Marcelo Mattos x Fagner
Marinho x Gil
Wendel x Felipe
Eduardo Ratinho x Uendel
Bruno Octávio x Ralf
Rosinei x Elias
Carlos Alberto x Jadson (empate)
Hugo x Renato Augusto
Tevez x Love
Nilmar x Malcom

Concorda ou discorda? Deixe sua opinião abaixo! Mas todos nós sabemos e concordamos que o elenco de 2015 é muito superior que o de 10 anos atrás.



Jornalista formado pela USCS, apaixonado por esportes, cultura e comunicação. Ex-atleta em atividade, pensa que sabe algo sobre futebol, handebol e esportes americanos.