Rossi dá show, mas Lorenzo vence em Valência e conquista o tri da MotoGP

Jorge Lorenzo conquistou na manhã deste domingo (8) seu terceiro título mundial na MotoGP, ao vencer o Grande Prêmio da Comunidade Valenciana, disputado no circuito Ricardo Tormo. O piloto da Yamaha largou da pole position e manteve a liderança ao longo de toda a corrida, mesmo pressionado por Marc Márquez e Dani Pedrosa nas voltas finais.

LEIA MAIS:
Lorenzo fatura a pole em Valência

Valentino Rossi deu um verdadeiro show, especialmente nas voltas iniciais, quando saiu da 26ª e última posição para o quarto posto em 12 voltas. A partir daí, o italiano não teve condições de se aproximar dos ponteiros e passou a torcer para que os pilotos da Honda superarem Lorenzo, o que acabou não acontecendo.

Coube a dupla da Honda, aliás, definir o título em favor do espanhol da Yamaha. Restando duas voltas para o final da corrida, Pedrosa tentou superar Márquez, que pressionava Lorenzo desde a metade da corrida. A manobra não deu foi completada e o dono da moto número 99 conseguiu abrir vantagem e seguiu para a vitória.

Com o resultado deste domingo, Lorenzo alcançou 330 pontos, cinco a mais em relação ao seu companheiro de equipe e rival Valentino Rossi, que marcou 325 pontos. Marc Márquez completou a lista dos três primeiros do campeonato mundial.

A corrida

Lorenzo manteve a liderança na largada, seguido por Marquez e Pedrosa, enquanto Rossi passou nada menos do que 11 concorrentes para assumir a 15ª colocação. O italiano seguiu dando seu show e assumiu a nona colocação na terceira volta da prova, aproveitando uma queda do compatriota Andrea Iannone.

O primeiro momento de dificuldade para Valentino aconteceu quando ele se aproximou de Bradley Smith e Danilo Petrucci, perdendo algumas voltas até superá-los. O “Doutor” seguiu avançando e assumiu a quinta posição na 11ª passagem, com uma linda manobra sobre Aleix Espargaró na curva quatro do circuito valenciano. No giro seguinte, Rossi ganhou a quarta posição de Andrea Dovizioso.

Com o italiano distante 11 segundos de Dani Pedrosa, as atenções se voltaram para a briga pela vitória. Márquez se aproximou de Lorenzo na 14ª passagem, mas passou a tentar um ataque de forma tímida apenas quando restavam oito giros para o final da corrida. Mais atrás, Pol Espargaró travou uma disputa intensa com Dovizioso para ganhar a quinta posição.

Com Lorenzo e Márquez próximos, Pedrosa passou a se aproximar dos dois, tornando-se candidato à vitória também nas voltas finais. Quando restavam duas voltas, Pedrosa tentou o ataque sobre Márquez, sem sucesso, o que definiu a vitória – e o título – em favor de Lorenzo, que abriu vantagem e seguiu para receber a bandeira quadriculada.

Foto: reprodução/Twitter



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.