Santos x Palmeiras: o que a imprensa está falando antes da partida

Neto
Crédito da foto: Reprodução/TV Bandeirantes

Palmeiras e Santos iniciam nesta quarta-feira (25) a disputa pelo título da Copa do Brasil de 2015. As duas equipes se reencontram pouco mais de seis meses após disputarem a taça do Campeonato Paulista, que acabou ficando com o Santos. Será que desta vez o Alviverde irá aproveitar melhor a chance de voltar a soltar o grito de campeão?

LEIA MAIS
Ídolos do Palmeiras fazem VÍDEO ESPECIAL para a final da Copa do Brasil; assista!
RETROSPECTIVA: TV Palmeiras relembra TODOS os gols do time na Copa do Brasil
ENQUETE: Quem vai ser CAMPEÃO: Palmeiras ou Santos?
Os caminhos usados por Santos e Palmeiras para bater o rival em 2015
Seis meses depois, o quanto Santos e Palmeiras mudaram do Paulista para a Copa do Brasil?

No que depender das opiniões de jornalistas, comentaristas, apresentadores e repórteres, o Palmeiras será um “saco de pancadas” do Santos na final da Copa do Brasil. Veja o que eles estão falando sobre a decisão da competição:

Neto:

O Santos tem um time muito forte do meio-campo para a frente e também acertou a sua defesa. O Santos joga o primeiro jogo em casa, mas tem uma coisa muito importante. O Palmeiras, nos últimos 25 jogos, tomou gol em todos. O Palmeiras está em uma posição tática que a gente não entende o que acontece”, afirmou Neto em sua coluna durante o programa “Esporte Notícia”, da Rádio Bandeirantes, nesta terça-feira (24).

Comentaristas da ESPN:

Na ESPN, ninguém acredita na vitória do Palmeiras contra o Santos, na Vila Belmiro.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Juca Kfouri:

O Comentarista apostou “de olho fechado” no Santos para esta final de Copa do Brasil, levando em consideração “tamanha diferença do que os clubes estão jogando”.

Carlos Cereto:

Carlos Cereto, do SporTV, disse que se “o Palmeiras jogar o que está jogando, vai ser humilhado pelo Santos no jogo de ida e no jogo de volta.

João Carlos Albuquerque:

Foto: Reprodução/ESPN
Foto: Reprodução/ESPN

 

Durante uma edição do Bate-Bola que recebia as participações dos zagueiros Davd Braz (Santos) e Vitor Hugo (Palmeiras), o apresentador João Carlos Albuquerque “brincou” ao se despedir do palmeirenses “vice-campeão da Copa do Brasil”.