Torcida do Palmeiras terá Fan Fest para ver final da Copa do Brasil; veja onde

SAO PAULO, BRAZIL - SEPTEMBER 06: Fans of Palmeiras celebrate in the street before the match between Palmeiras and Corinthians for the Brazilian Series A 2015 on September 6, 2015 in Sao Paulo, Brazil. (Photo by Friedemann Vogel/Getty Images)

Para o torcedor alviverde que não conseguir ingressos para a primeira partida da final da Copa do Brasil, no dia 25 de novembro, contra o Santos na Vila Belmiro, atenção: a Palmeiras Tour está preparando uma ação especial em São Paulo. Parceira oficial do clube em viagens e eventos temáticos, a empresa promoverá uma Fan Fest na Zona Oeste da capital para os palmeirenses.

LEIA TAMBÉM:
Olha quem voltou: Gabriel é novidade no treino do Palmeiras; confira
Brasileirão: Santos e Palmeiras são os maiores campeões; veja a lista

Segundo o Blog De Prima, do jornal Lance!, a agência também oferecerá pacotes com ingresso e traslado tanto para a jogo do dia 25, em Santos, quanto para o da volta, no dia 2 de dezembro, com saída da Academia de Futebol do Palmeiras.

Garanta seu ingresso

Ainda que falte mais de 20 dias para o começo das finais da Copa do Brasil, o torcedor do Palmeiras já pode se garantir nas duas partidas. A Palmeiras Tour já está oferecendo a chance de pré-reservas para o jogo de ida, na Vila Belmiro, e ter preferência para efetuar a compra quando os pacotes estiverem disponíveis (Santos tem que definir os preços antes para entregá-los ao Verdão).

Para o jogo de volta, no Allianz Parque, os pacotes já estão à venda com valores entre R$ 310 e R$ 1.160. Aos torcedores que optarem por serviço com translado, os ônibus sairão da região do Parque Anhembi e retornarão para o mesmo lugar após a partida. Os membros do Avanti têm desconto em todos os pacotes. As vendas estão sendo efetuadas pelo site oficial ou pelos telefones (11) 3588-3510 (São Paulo) ou 4003-6642 (demais locais).

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Getty Images



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.