Veja como o Palmeiras AINDA tem boas chances de Libertadores via-Brasileiro

Como a final contra o Santos pela Copa do Brasil só começa no dia 25 de novembro, o Palmeiras tem pouco menos de três semanas para decidir sua situação no Campeonato Brasileiro. Em 9º lugar na classificação geral, o Verdão tem hoje 48 pontos e está a cinco de distância para o G-4. Faltando cinco partidas para o término da competição, o meia Robinho afirmou que são necessárias quatro vitórias para assegurar o lugar por conta própria. Será?

LEIA TAMBÉM:
Veja a provável escalação do Palmeiras contra o Vasco; Arouca e Cleiton Xavier fora
Resumo das negociações do Palmeiras para 2016. Confira!
BOMBOU! Veja 10 notícias do Palmeiras com destaque na semana

Nas contas, se o Palmeiras conseguir mais quatro vitórias, chegará ao total de 60 pontos, número insuficiente para um clube chegar à Libertadores pelo Brasileirão. Confira as pontuações nos últimos anos da competição, quando a tabela foi composta por 20 times na Série A (desde 2006):

2014
Corinthians – 69 pontos

2013
Botafogo – 61 pontos

2012
São Paulo – 66 pontos

2011
Flamengo – 61 pontos

2010
Grêmio – 63 pontos

2009 
Cruzeiro – 62 pontos

2008
Palmeiras – 65 pontos

2007
Fluminense – 61 pontos

2006
Santos – 64 pontos

Com 60 pontos, o Palmeiras tem grandes chances de terminar o Brasileiro em quinto lugar, mas fora da zona de classificação para a competição sul-americana, certo? NÃO NECESSARIAMENTE. Caso o Santos frustre os planos do Verdão na Copa do Brasil e ainda ficar em quarto lugar no Brasileirão, abre-se consequentemente um lugar para o 5º colocado.

Com a pontuação desejada por Robinho, será bem provável o Palmeiras garantir o G-5, pois somente em três temporadas (2008, 2009 e 2014) esse total não foi o suficiente para permanecer no top 5.

OBS: É claro que o ideal de todo grupo é ter 100% de aproveitamento daqui para frente para chegar aos 63 pontos. Nesse cenário, o Palmeiras estaria praticamente confirmado na Libertadores sem precisar depender dos concorrentes diretos no Brasileiro.

QUER MAIS MOTIVOS PARA ACREDITAR?

Para animar ainda mais os palmeirenses, dois outros fatores podem ser importantes nessa reta final: o retorno de jogadores lesionados e a sequência de adversários pela frente.

Nos próximos dias, o departamento médico do Palmeiras deve ficar somente com o volante Gabriel, que voltará aos gramados em 2016. Arouca, Fellype Gabriel e Cleiton Xavier, se não houver mais recaídas, estarão à disposição do técnico Marcelo Oliveira.

22372029668_0bc0dbe1c0_z

Quanto à quina final de partidas no Brasileiro, o Palmeiras jogará como mandante três vezes, começando contra o lanterna Vasco neste domingo, às 17h. Depois joga contra Cruzeiro e Coritiba, duas equipes em baixa na tabela, principalmente o Coxa, também no Z-4. As partidas fora de São Paulo serão contra Atlético-PR e Flamengo, times que perderam fôlego no torneio e praticamente já não brigam por mais nada.

Veja a sequência de jogos do Palmeiras e seus concorrentes diretos na reta final de Brasileiro:

PALMEIRAS (9º)

vs. Vasco (casa)
vs. Atlético-PR (fora)
vs. Cruzeiro (casa)
vs. Coritiba (casa)
vs. Flamengo (fora)

SANTOS (4º)

vs. Joinville (fora)
vs. Flamengo (casa)
vs. Coritiba (fora)
vs. Vasco (fora)
vs. Atlético-PR (casa)

SÃO PAULO (5º)

vs. Cruzeiro (fora)
vs. Atlético-MG (casa)
vs. Corinthians (fora)
vs. Figueirense (casa)
vs. Goiás (fora)

INTERNACIONAL (6º)

vs. Ponte Preta (casa)
vs. Chapecoense (fora)
vs. Grêmio (casa)
vs. Fluminense (fora)
vs. Cruzeiro (casa)

PONTE PRETA (7º)

vs. Internacional (fora)
vs. Figueirense (casa)
vs. Flamengo (fora)
vs. Avaí (fora)
vs. Sport Recife (casa)

SPORT RECIFE (8º)

vs. Grêmio (casa)
vs. Cruzeiro (fora)
vs. Atlético-PR (casa)
vs. Corinthians (casa)
vs. Ponte Preta (fora)

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: César Greco/Ag. Palmeiras



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.