Cesar Cielo vai mal e abandona seletiva olímpica para Rio-2016

Cielo

Uma das principais esperanças de medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos Rio-2016, o nadador Cesar Cielo não começou bem a trajetória para disputar as provas individuais na Olimpíada. Após obter um resultado ruim na prova dos 100m nado livre durante a primeira seletiva olímpica do Brasil, em Palhoça (Santa Catarina), Cielo desistiu de nadar os 50m, prova que é sua especialidade.

LEIA MAIS:
Cielo tem malas extraviadas ao chegar no Brasil após abandonar Mundial
Com lesão no ombro, Cielo deixa o Mundial de Kazan
Com lesão no ombro, Cielo deixa o Mundial de Kazan

 

Nesta sexta-feira (18), o nadador de 28 anos encerrou os 100m na 11ª posição. Ele cravou o tempo de 49s55 e ficou de fora da lista dos oito melhores que voltariam à piscina posteriormente. Após conversar com seu treinador, Cielo decidiu se retirar da disputa sem disputar os 50m – a disputa será neste sábado (19).

Desta forma, o atleta terá apenas uma oportunidade para conseguir o índice olímpico nas disputas aquáticas: o Troféu Maria Lenk, que acontecerá no Rio de Janeiro entre 15 e 20 de abril do ano que vem.

Apesar do desempenho ruim nos 100m, o paulista de Santa Bárbara d’Oeste nadou bem na prova do revezamento 4x50m. Na quarta-feira (16), o paulista e a equipe do Minas Tênis Clube obtiveram o tempo de 21s44 e conquistaram a medalha de ouro.

Cielo tem três medalhas olímpicas no currículo: ouro nos 50m (Pequim-2008), bronze nos 50m (Londres-2012) e bronze nos 100m (Pequim-2008). Além das duas medalhas nos 50m, o nadador foi campeão mundial na prova em 2009, 2011 e 2013 e é o recordista mundial, com o tempo de 20s91.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.