Coronel Nunes é eleito novo vice-presidente da CBF

Crédito da Foto: Divulgação.

Manifestações na porta entidade, gestos de protesto antes dos jogos, campanhas na internet – nenhuma reivindicação dos opositores da CBF foi ouvida por enquato, e Coronel Nunes, presidente da Federação Paraense, é eleito o novo vice-presidente da CBF, se tornando o próxima na linha de sucessão da Confederação, e assumirá como presidente caso Marco Polo Del Nero renuncie de seu cargo.

A vitória foi massacrante: em 50 votos, 44 votaram sim, três se abstiveram e três votaram não. Coronel Nunes (que tem 77 anos), desse modo, assume o lugar de Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense com 77 anos, como vice mais velho da entidade, sendo o próximo na fila para o cargo de presidente da CBF.

Nos últimos dias, a grande maioria dos clubes no Brasil declarou apoio a Nunes, com raras exceções. Ontem, uma manifestação aconteceu na frente da sede da CBF, na Barra da Tijuca, no Rio, reivindicando, entre outros pontos, a renúncia de Marco Polo Del Nero.

Confira o primeiro discurso de Coronel Nunes como vice-presidente da CBF:

Sinto-me honrado em ter a confiança do que fazem essa casa. Farei o possível para contribuir com humildade e experiência nesse momento. Farei do diálogo minha maior ferramenta no processo. Saberei ouvir e refletir antes de qualquer decisão.

O momento é de reflexão. O futebol brasileiro precisa voltar a ser referência de vitórias, conquista, e sobretudo resgatar a confiança do torcedor brasileiro. Minha experiência de anos de futebol, entendo que este é o momento ideal de dividirmos essa responsabilidade.

Quero agradecer a cada um dos senhores pelo respeito e credibilidade. Que todos juntos possamos começar a escrever e trilhar dias melhores para o futebol brasileiro.

É esse amor ao futebol que nos dá vida.

Crédito da Foto: Divulgação.



Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Amante do futebol, apaixonado por futebol americano e interessado pela antropologia esportiva.