Da desconfiança ao título: Relembre a campanha do Corinthians no Brasileirão

Foto: Reprodução

O Corinthians iniciou o Brasileirão 2015 no meio de uma eliminação traumática na Libertadores. O Timão ainda perdeu alguns de seus craques como Paolo Guerrero e Emerson Sheik. Mesmo assim, os comandados de Tite reuniram forças e conquistaram o Hexacampeonato. Assista todos os gols do Alvinegro na temporada.

Se iniciar uma competição com vitória é bom, quando se disputa pontos corridos é fundamental. A estréia do Corinthians não podia ser melhor. Mesmo com um time cheio de reservas, o Alvinegro foi até Belo Horizonte e venceu o Cruzeiro por 1 a 0 com um gol de Romero.

LEIA MAIS: 
Relembre o ano de Renato Augusto com a camisa do Corinthians
Mundial 2012, Timão campeão: Torcedor relembra “experiência única”

Após uma estréia respeitável, o Timão sofreu com a eliminação na Libertadores e a seguir veio mais uma vitória diante da Chapecoense em casa. Depois disso, o princípio de uma crise começou a se desenhar no Alvinegro. Com um empate, e duas derrotas na sequência, parecia que o Corinthians iria se abater com o primeiro semestre sem títulos. Para piorar, uma das derrotas foi para o Palmeiras na Arena.

ASSISTA TODOS OS GOLS DO TIMÃO NO BRASILEIRÃO 2015:

Quando tudo parecia que seria um desastre o segundo semestre para o Timão, Tite ajeitou o time e começou a pontuar. Jadson começava a fazer a diferença. Mais que isto, fazia gols e dava assistências.

O Corinthians foi se ajustando durante a competição. Petros e Fábio Santos também deixaram a equipe e Mendonza e Romero mostravam que não seriam as soluções para o ataque do Timão.

OS 19 JOGOS DO CORINTHIANS NO 1º TURNO
V 2 a 1 no Avaí (F), 19ª rodada
V 4 a 3 no Sport (C), 18ª rodada
E 1 a 1 com o São Paulo (F), 17ª rodada
V 3 a 0 no Vasco (C), 16ª rodada
E 1 a 1 com o Coritiba (F), 15ª rodada
V 1 a 0 no Atlético-MG (C), 14ª rodada
V 3 a 0 no Flamengo (F), 13ª rodada
V 2 a 0 no Atlético-PR (C), 12ª rodada
E 0 a 0 com o Goiás (F), 11ª rodada
V 2 a 0 na Ponte Preta (C), 10ª rodada
V 2 a 1 no Figueirense (C), 9ª rodada
D 1 a 0 para o Santos (F), 8ª rodada
V 2 a 1 no Internacional (C), 7ª rodada
V 1 a 0 no Joinville (F), 6ª rodada
D 3 a 1 para o Grêmio (F), 5ª rodada
D 2 a 0 para o Palmeiras (C), 4ª rodada
E 0 a 0 com o Fluminense (F), 3ª rodada
V 1 a 0 na Chapecoense (C), 2ª rodada
V 1 a 0 no Cruzeiro (F), 1ª rodada

Vencer o primeiro turno foi um grande negócio para o Timão que chegou a este feito com uma atuação implacável de Luciano que se firmava entre os titulares. Dois golaços marcaram a vitória do Corinthians sobre o Avaí em Santa Catarina de virada. Vale lembrar que a partida anterior também havia sido dramática e o Corinthians venceu o Sport em casa por 4 a 3 em um dos jogos mais disputados do campeonato.

Quando tudo parecia ótimo, Luciano — o novo artilheiro do esquema de Tite — sofreu uma grave lesão no joelho. O atacante passaria o resto da temporada fora de ação. A solução seria a volta de Vágner Love aos titulares e uma nova opção para o restante da temporada começava a ter mais chances. Rildo vinha revezando Malcom e se dando muito bem nos jogos que entrava. Após uma série de jogos apenas razoáveis do garoto que surgiu na base, Rildo enfim ganhou a chance de ser titular.

No que seria a primeira partida de Rildo como titular, o atacante se machucou logo no início da partida. Rildo também não voltou mais a atuar na temporada. Fora ele, Uendel e Fágner também se lesionaram e deram espaço para Edílson e o jovem Arana nas laterais.

A capacidade de reinvenção de Tite foi o que marcou o Corinthians na temporada 2015. Mesmo com todas as adversidades o Time do Povo foi pontuando e se consolidando na liderança. Foi então que, na 14a rodada um confronto decisivo parou o Brasil para assistir. Era o jogo decisivo contra o Atlético-MG, o vice-líder do campeonato. O Timão não tomou conhecimento do adversário e venceu o Galo por 3 a 0 em pleno Horto. Abria-se 11 pontos de vantagem em 15 a ser disputados.

OS 19 JOGOS DO CORINTHIANS NO 2º TURNO

E 1 a 1 com Avaí (C), 19ª rodada
D 2 a 0 para o Sport (F), 18ª rodada
V 6 a 1 no São Paulo (C), 17ª rodada
E 1 a 1 com o Vasco (F), 16ª rodada (jogo do título)
V 2 a 1 no Coritiba (C), 15ª rodada
V 3 a 0 no Atlético-MG (F), 14ª rodada
V 1 a 0 no Flamengo (C), 13ª rodada
V 4 a 1 no Atlético-PR (F), 12ª rodada
V 3 a 0 no Goiás (C), 11ª rodada
E 2 a 2 com a Ponte Preta (F), 10ª rodada
V 3 a 1 no Figueirense (F), 9ª rodada
V 2 a 0 no Santos (C), 8ª rodada
D 2 a 1 para o Internacional (F), 7ª rodada
V 3 a 0 no Joinville (C), 6ª rodada
E 1 a 1 com o Grêmio (C), 5ª rodada
E 3 a 3 com o Palmeiras (F), 4ª rodada
V 2 a 0 no Fluminense (C), 3ª rodada
V 3 a 1 na Chapecoense (F), 2ª rodada
V 3 a 0 no Cruzeiro (C), 1ª rodada

Na reta final, Vágner Love começou a viver seu melhor momento no Corinthians e fez diversos gols e terminou como artilheiro do time. Renato Augusto manteve sua regularidade de toda a temporada e até mesmo um improvável ídolo surgiu. Lucca, fez alguns gols importantes na confirmação do título.

O título veio com 3 rodadas de antecedência contra o Vasco. Como a partida foi fora de casa, a festa estava marcada para o jogo seguinte contra o São Paulo. Nem o mais otimista corintiano podia esperar o que veio. Uma vitória por 6 a 1, a maior no adversário paulista em todos os tempos para fechar o Brasileirão 2015 com chave de ouro. As últimas duas partidas foram só para cumprir tabela.