Diretor do Flamengo não vê falta de ética na contratação de Willian Arão

Gilvan de Souza/Flamengo

Em meio a polêmica que envolve a contratação de Willian Arão pelo Flamengo, o diretor executivo de futebol do clube ressaltou que não houve falta de ética no acerto com o jogador. Em entrevista dada a ESPN, Rodrigo Caetano falou sobre o assunto.

LEIA MAIS:
Torcedores do Flamengo fazem abaixo-assinado por volta de Adriano Imperador

“Contratamos um jogador livre. O Flamengo fez o contato, a proposta e assinou. Agora, julgar como antiético, isso não me cabe, não sou eu quem estou aqui para julgar isso. Fizemos uma consulta no Departamento Jurídico. A nossa obrigação é monitorar todo bom jogador. Isso acontece com os nossos também”, disse em entrevista ao programa Bate-Bola, da ESPN.

Rodrigo Caetano ainda afirmou que as negociação entre Flamengo e jogador foram todas conforme as garantias jurídicas.

“Posso garantir que o Flamengo fez a consulta ao Willian mediante o término de contrato, e, além disso, com respaldo em todas as garantias jurídicas”, afirmou.

Crédito da foto: Gilvan de Souza/Flamengo



Pretendo me formar em um futuro Jornalista Esportivo.