Estudo diz que Federer é o rei da publicidade e fatura até três vezes mais que Neymar

Divulgação

Roger Federer é o rei da publicidade no mundo do esporte. De acordo com um estudo da consultoria Opendorse, o tenista suíço ex-número 1 do mundo fatura aproximadamente 53 milhões de euros (R$ 231 milhões) apenas com publicidade. Ele (na foto, crédito ATP) representa marcas como Nike, Mercedes-Benz, Rolex e Credit Suisse.

Dentre os brasileiros, o mais bem colocado na lista é Neymar, astro do Barcelona, que aparece no 15° lugar. O ex-santista fatura um montante de 15,67 milhões de euros (quase R$ 70 milhões) por conta de seus acordos publicitários. Entre os 15 primeiros, apenas outros dois jogadores de futebol constam na lista ao lado de Neymar: Messi e Cristiano Ronaldo.

Levando em consideração apenas os esportes, o tênis apresenta uma sensível vantagem com relação aos demais, já que tem quatro representantes entre os maiores faturamentos. Ainda há três jogadores de basquete, três golfistas, um do críquete e um membro do atletismo.

Confira a lista:

1° – Roger Federer (Tênis), 53,48
2° – Tiger Woods (Golfe), 46,1
3° – Phil Mickelson (Golfe), 40,57
4° – Lebron James (Basquete), 40,57
5° – Kevin Durant (Basquete), 32,27
6° – Rory McIlroy (Golfe), 29,5
7° – Novak Djokovic (Tênis), 28,58
8° – Rafael Nadal (Tênis), 25,81
9° – Cristiano Ronaldo (Futebol), 24,89
10° – Mahendra Singh Dhoni (Críquete), 24,89
11° – Kobe Bryant (Basquete), 23,97
12° – Maria Sharapova (Tênis), 21,21
13° – Lionel Messi (Futebol), 20,28
14° – Usain Bolt (Atletismo), 19,36
15° – Neymar (Futebol), 15,67

 

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.