Fanning faz homenagem a irmão morto e lamenta ‘perda devastadora’

Reprodução

O australiano Mick Fanning está envolvido na briga pelo quarto título Circuito Mundial de Surfe (WCT)e ainda lida com a morte do seu irmão mais velho, Peter. O surfista usou as redes sociais para falar sobre a “perda devastadora”.

LEIA MAIS
Irmão de Mick Fanning morre durante etapa decisiva do Mundial de surfe, diz revista

“Peter será sempre um herói para mim. Eu tenho muitas boas memórias dos bons momentos que nós tivemos juntos e que vão ficar para sempre comigo”, escreveu Fanning no seu Instagram.

O surfista postou uma foto antiga em que aparece na frente do irmão, que morreu na noite da última terça-feira, na Austrália. Mick recebeu a notícia na manhã de quarta e ainda assim foi para o mar para competir pela última etapa, em Pipeline, no Havaí.

Fanning, de 34 anos, venceu Jamie O’Brien e depois derrotou uma bateria contra Kelly Slater e John John Florence (HAV). Nas quartas de final, o australiano volta a enfrentar Slater. Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho, seguem na briga pelo título.

A notícia da morte foi divulgada pela revista “Surfing Magazine”, mas as causas da morte de Peter, com 43 anos, não foram reveladas. Em 1998, Fanning já sofreu com a morte de outro irmão, Sean, em um acidente de carro. Na época, o australiano iniciava a sua carreira como surfista.

Confira a postagem de Fanning:

“Sou muito grato pelo incrível amor e carinho que tem chegado a mim desde que fui informado da morte do meu irmão mais velho. Assim como todos os meus irmãos mais velhos, Peter sempre foi um herói para mim. Eu tenho tantas boas memórias dos bons momentos que passamos juntos e eu irei lembrar deles para sempre. Estivemos juntos recentemente e ele me falou o quanto era orgulhoso de mim e o quanto ele adorava me ver competindo. Hoje (quarta-feira) foi um dos dias mais desafiadores da minha vida, mas eu sabia que precisava encontrar o foco para estar no dia final do evento, porque era isso que o Pete iria querer. Eu também quero fazer um agradecimento especial a todos os meus irmãos – meus amigos do tour – pelo seu apoio, eu não passaria por isso sem eles. Eu gostaria de pedir um pouco de privacidade sobre isso enquanto lidamos com essa perda devastadora. Muito obrigado de toda a minha família. Diga às pessoas especiais da sua vida que você as ama e deem um abraço”, escreveu.

I am so grateful for the incredible love and well wishes that have come my way since learning of my eldest brother’s passing this morning. Like all my big brothers, Peter will always be a hero to me. I have so many great memories of the good times we have all spent together and they will be with me forever. We recently caught up and he told me how proud he was of me and how much he loves watching me compete. Today was one of the most challenging days of my life but I knew I could find the strength to take part in the final event of the season because that’s what Pete would want. I also want to give special thanks to my other brothers – my friends on tour – for their support, I couldn’t have got through today without them. I would ask for some privacy on this matter while we come to terms with this devastating loss. Big thanks from our entire family. Tell the special people in your life you love them and give them a hug.

Uma foto publicada por Mick Fanning (@mfanno) em



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.