Há 21 anos, Palmeiras era campeão brasileiro sobre o Corinthians

Reprodução/ Youtube

No dia 18 de dezembro de 1994, o Palmeiras enfrentou o Corinthians pela segunda partida da final do Campeonato Brasileiro daquele ano. Após vencer por 3 a 1 na primeira partida, no Pacaembu, o Verdão garantiu o empate por 1 a 1, no mesmo estádio, e ficou com o título – o oitavo do clube.

LEIA MAIS:
Veja 10 notícias do Palmeiras que você PRECISA ler hoje

No ano anterior, o Palmeiras saiu de uma fila de 16 anos sem títulos vencendo o Corinthians por 4 a 0 na final do Paulistão. Além disso, foi campeão brasileiro no mesmo ano. Dessa maneira, cheio de moral, o Verdão começou a caminhada pelo bicampeonato nacional.

Já na primeira fase, o Alviverde se classificou em primeiro, com 19 pontos. O segundo do grupo foi o Fluminense, com 10. Dentre os quatro grupos, o Palmeiras foi o que mais pontuou.

Na segunda fase, 16 clubes foram divididos em dois grupos de oito times. Mais uma vez, o Palmeiras terminou em primeiro e garantiu a vaga para as quartas de final, assim como o Corinthians.

Mesmo com a vaga, a equipe disputou o returno. Já sem obrigações, terminou em penúltimo, com apenas seis pontos.

O torneio se afunilou e Atlético-MG, Botafogo, Bragantino, Corinthians, Bahia, São Paulo, Guarani e Palmeiras começaram o mata-mata. Nas quartas, o Palmeiras passou pelo Bahia vencendo os dois jogos por 2 a 1.

Na semifinal, o Verdão, mais uma vez, venceu os dois jogos contra o Guarani e se classificou para a final contra o arquirrival Corinthians.

No primeiro confronto, o Palmeiras ganhou por 3 a 1 com dois gols de Rivaldo e um de Edmundo. O Corinthians descontou com Marques.

A partida decisiva aconteceu no Pacaembu. O Alvinegro saiu na frente com gol de Marques. Já no final do segundo tempo, Rivaldo marcou e empatou o confronto. O Palmeiras garantiu o bicampeonato brasileiro e tornou-se octacampeão.

Ficha técnica:

Palmeiras 1 x 1 Corinthians
18 de dezembro de 1994

Árbitro: Márcio Resende de Freitas

Palmeiras: Velloso, Cléber, Antônio Carlos, Wágner, Cláudio, Zinho, César Sampaio, Rivaldo, Flávio Conceição (Amaral), Evair, Edmundo (Tonhão). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Corinthians: Ronaldo, Gralak, Henrique, Paulo Roberto, Branco, Souza (Tupãzinho), Marcelinho Carioca, Marcelinho Paulista, Luisinho, Viola, Marques. Técnico: Jair Pereira.

Gols: Marques (3′)
Rivaldo (81′)

Crédito da foto: Reprodução/ Youtube



Paulistano, estudante de jornalismo, 20. Desde 2015 no Torcedores.com.