Matt Serra surpreendeu o UFC ao ser um dos únicos dois lutadores a derrotarem Georges St-Pierre

O canadense Georges St-Pierre é considerado um dos principais lutadores da história do UFC (Ultimate Fight Championship), bateu diversos recordes, e já viveu algo parecido com o que José Aldo viveu no último fim de semana em Las Vegas (EUA), ao ser superado no auge da carreira e perder um cinturão de categoria que parecia imbatível. Foi com o estadunidense Matt Serra, em 7 de abril de 2007.

LEIA MAIS
UFC 194: reação de um dos técnicos de José Aldo em nocaute é de impressionar; assista
McGregor, após vitória sobre Aldo: “Peso por peso, sou o melhor do mundo”
Aldo pede revanche imediata com McGregor e UFC logo responde: “Não!”
Após fim da invencibilidade no Ultimate, José Aldo vira piada na internet; veja memes
UFC 194: Aldo leva nocaute ‘relâmpago’ de McGregor e perde invencibilidade de dez anos

Pela edição 69 do torneio de MMA, Serra era considerado “zebra” no confronto pelo cinturão do peso meio-médio e contrariou aos torcedores, a mídia especializada e a ele próprio, que se intitulava “azarão”, ao nocautear o adversário com socos que foram desestabilizando St-Pierre, que foi sentindo os golpes aos poucos até ser derrotado com apenas 3’25” de luta no Toyota Center, no Texas (EUA). Foi o caso da criatura ter derrotado o criador, já que The Terror era treinado por GSP nos tempos do TUF (The Ultimate Fighter).

Um ano depois, em 19 de abril de 2008, no UFC 83, Georges St-Pierre devolveu “na mesma moeda” e, por nocaute, recuperou o cinturão dos médios em cima de Matt Serra, atuando no Canadá, em Montreal.

Relembre o nocaute que abalou as estruturas do UFC:

Crédito da foto: Reprodução/TV



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.