Mercado da bola 2016: Dirigente diz que consenso pode trazer Lugano de volta ao São Paulo

Divulgação / site oficial do São Paulo

Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol do São Paulo, disse em entrevista ao GloboEsporte.com que agora o retorno de Lugano ao Morumbi só depende de Leco, presidente do clube, já que o novo técnico Edgardo Bauza deu seu aval para que o Tricolor fosse em busca do zagueiro e ídolo uruguaio.

LEIA MAIS:
Mercado da bola 2016: São Paulo pode dar “chapéu” no Cruzeiro para contratar meia do Estudiantes
Opinião: o que esperar do São Paulo em 2016?

Atualmente, Lugano defende o Cerro Porteño, do Paraguai. Quando foi contratado, o jogador exigiu que em seu contrato houvesse uma cláusula que o liberasse de graça para o São Paulo, caso o clube tivesse interesse em seu retorno. Ataíde revelou que aguarda apenas uma resposta de Leco para ir atrás de Lugano:

Ainda vamos ter uma conversa pessoalmente com o treinador sobre o assunto. Se ele quiser, o presidente concordar e for viável economicamente, vamos trazer o Lugano de volta.

O vice-presidente de futebol contou que nunca se opôs à volta do zagueiro e esclareceu que Muricy Ramalho e Juan Carlos Osorio, ex-treinadores do clube, vetaram a contratação do jogador durante suas passagens pelo Tricolor Paulista. Ataíde ainda falou sobre a responsabilidade de tranquilizar o trabalho dos técnicos no São Paulo:

Os dois treinadores estão aí para responder essa questão. Nas duas vezes em que tivemos a possibilidade de trazer o Lugano, eles acharam que o momento não era conveniente porque tínhamos jogadores jovens que estavam se destacando. E a torcida dificilmente aceitaria o Lugano na reserva. O Lugano tem de vir para ser titular, não tem outra possibilidade. Para impedir que comissão técnica fosse massacrada, eu assumi a responsabilidade. O próprio Osorio foi ao Paraguai e explicou ao jogador.

O dirigente também se mostrou impressionado com a euforia da torcida são paulina com o uruguaio no jogo de despedida de Rogério Ceni, no Morumbi, em 11 de dezembro:

Positivamente, foi uma grande surpresa. Ele foi tão ovacionado pela torcida quanto o Rogério. Além do reforço profissional que pode ser, já que ainda é um atleta em evidência, o Lugano seria um presente muito grande para o torcedor do São Paulo, que está por merecer ser atendida. Mas procuro resolver as coisas profissionalmente. Esse assunto não me pressiona de nenhuma maneira.

 

Foto: Divulgação / site oficial do São Paulo



Estudante de Jornalismo da Universidade São Judas. Comecei o ensino superior fazendo exatas, mas apanhei mais que o Brasil contra a Alemanha na Copa de 2014, todo dia era um 7x1 diferente. Então decidi fazer o que eu amo mesmo. Não nasci chorando.