Mundial de Clubes 2015: Barcelona passa pelo Guangzhou sem dificuldades

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Barcelona

Com Messi e Neymar, tudo fica fácil e tranquilo para o Barcelona. Sem Messi e Neymar, continua a mesma facilidade. Se não tem os dois craques, tem Luis Alberto Suárez que mais uma vez decidiu e deixou sua marca. Com 3 gols na partida contra o Guangzhou, o uruguaio igualou o recorde de Pelé em número de gols em uma única partida do Mundial de Clubes.

LEIA MAIS:
Mundial de Clubes: Suárez iguala feito de Pelé e pode superar recorde de brasileiro

O clube catalão dominou o jogo, teve 78% de posse de bola, deixando os adversários chineses perdidos em campo. Na primeira metade do primeiro tempo, o clube chinês até pareceu que tentaria jogar de igual pra igual contra o Barcelona. Entretanto, depois que o lateral Zheng Zou sofreu uma grave fratura na perna, a partida ficou mais fácil e aos 39 minutos o atacante uruguaio marcou seu primeiro gol no jogo. O gol saiu depois de um chute do croata Rakitic que o goleiro rebateu pra frente e sobrou no pé de Suárez que não teve dificuldade pra mandar pra rede.

O segundo tempo começou com o Barcelona tendo 72% de posse de bola, e não ficou por aí. Logo aos 4 minutos, o atacante fez mais um. Dessa vez o gol saiu depois de um lindo passe de Iniesta, Suárez dominou no peito e fez seu segundo gol.

O terceiro gol saiu atráves de um penâlti discutível marcado aos 20 minutos em cima do jovem Munir. O atacante recebeu um belíssimo passe de Daniel Alves e foi derrubado. A penalidade gerou dúvidas e controvérsias. Suárez, pegou a bola e fez o seu terceiro gol, com uma batida forte no lado direito do goleiro chinês.

Com a vitória, o Barcelona vai para a final do Mundial de Clubes da Fifa, enfrentando o River Plate – ARG, que conquistou a vitória em cima do Sanfrecce Hiroshima. A partida será no domingo, às 8h30 (horário de Brasília), no estádio de Yokohama.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do Barcelona