Opinião: Brasileirão 2016 – Comemore título, Libertadores e rebaixamento

Palmeiras
Crédito da foto: Divulgação/ Rafael Ribeiro/ CBF

Para quem acha que o Brasileirão de 2016 começa ano que vem, engano seu, já pode começar a comemorar o título, a vaga para Libertadores e até mesmo chorar pelo rebaixamento. Não entendeu? Te explico.

LEIA MAIS:
Ranking Torcedores.com: veja quem são os maiores treinadores brasileiros no Século 21

Não demora muito pra entender a lógica do campeonato de pontos corridos, claro que o campeão é quem faz mais pontos e será rebaixado quem fizer menos, desde que, os pontos conquistados em campo não sejam subtraídos ao fim da competição. Então vamos lá, quer comemorar o título incentive seu time, entenda que precisa somar pontos dentro e fora de casa, ganhe 64% e comece a vibrar pelo caneco, não chegou ao percentual de conquista, então lute para fazer acima de 60% estará na briga pelo título, senão, com dois pés na Libertadores de 2017. Agora, se o foco é não brigar pra ser campeão e sim estar na Libertadores com alguma folga na classificação, faça 55% e, entre na briga com outros clubes para conquistar a vaga com 50% e 54%.

A pior parte da história são os milhares ou milhões que sofrem com o rebaixamento, se você não acredita que seu clube pode fazer um bom papel então é simples, vá se organizando para não sofrer, se durante a competição estiver abaixo dos 40% dos pontos conquistados se preocupe, pois a eminência da queda é grande, se ele estiver abaixo de 35% dos pontos em disputa, já comece a se preparar, pois o fim de ano promete muita tristeza.

Claro que essas informações são baseadas em estatísticas, mas acreditem, elas dizem muito para o campeonato e no fim de 2016, vamos ver se com um ano de antecedência consegui incentivar alguns a sorrir ou chorar durante o Brasileirão. Lembrem-se, é um grande indicativo que poderá acontecer, sem necessariamente os percentuais afirmarem quem conquista título, vai pra Libertadores ou será rebaixado.

Crédito da foto: Divulgação/ Rafael Ribeiro/ CBF



Bacharel em Esporte pela USP e Licença C da CBF para Treinadores. Pretendo ser técnico de futebol profissional, porém, amo o Esporte e acompanho todas as modalidades possíveis. Quero contribuir de alguma forma com o Esporte, minha paixão. Atualmente treinador de futsal e futebol universitario e agora, Colaborador no Torcedores.com. Rumo a mais experiências.