Palmeiras diz que futuro de Jackson depende única e exclusivamente do Inter

César Greco/Ag. Palmeiras

A novela Jackson segue ganhando novos capítulos a cada dia e, ao que tudo indica, ainda está longe de acabar. O zagueiro já admitiu publicamente que gostaria de continuar no Palmeiras, clube pelo qual sagrou-se campeão da última Copa do Brasil. No entanto, o Verdão não exerceu o poder de compra que tinha direito e ofereceu ao Inter um valor bem inferior pelo zagueiro. A proposta não agradou e foi rejeitada.

MAIS:

Empolgado, Juan comemora ano no Inter e fala em títulos pelo Flamengo em 2016

10 jogadores ESQUECIDOS no Palmeiras que serviriam à dupla Gre-Nal

Agora, o Palmeiras empurra a responsabilidade do negócio para o Inter. Prudente, a diretoria alviverde já comunicou ao Inter que não exercerá o valor de compra de Jackson, estipulado em R$ 2,5 milhões. Mesmo assim, o clube paulista ainda gostaria de contar o jogador para a disputa da Libertadores, e o atleta não gostaria de voltar ao Beira-Rio.

“Nossa posição é muito concreta. Comunicamos oficialmente o Inter que não temos interesse em executar o valor de opção de compra que está documentado. Agora a bola está com o Inter. Eles que criem cenários para avançar ou encerrar a negociação”, declarou Cícero Souza, gerente de futebol do Palmeiras, para a Rádio Globo.

Na atual situação, o Inter precisará escolher entre contar com a volta forçada do jogador ou aceitar receber menos do Palmeiras, que aceita incluir alguns jogadores na negociação como moedas de troca. Luan, atacante com passagem pelo Cruzeiro em 2013, foi um dos nomes especulados.

Foto: Divulgação/Palmeiras.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.