Preocupação? Técnico do Barcelona estuda time do Felipão e destaca qualidade de Ricardo Goulart

Foto: Divulgação/Guangzhou Evergrande

Nas vésperas de estrear no Mundial de Clubes, Luis Enrique, concedeu uma entrevista coletiva nesta quarta-feira e mostrou preocupação com o Guangzhou Evergrande, time comandado por Felipão. O técnico do Barcelona estudou muito bem o clube chinês e destacou os principais pontos fortes do adversário e a qualidade dos brasileiros do elenco.

LEIA MAIS:
Mundial de clubes: Felipão substitui Robinho no intervalo após primeiro tempo ruim
Cinco motivos para você não rir mais do futebol chinês
Novo 7×1? Felipão se empolga com confronto contra Barcelona: “Por que não sonhar?”

“Não vamos a campo para passear. É um jogo muito sério, muito difícil. É um time que joga com os jogadores atrás da bola. Geralmente dois zagueiros, três jogadores no meio e o capitão à frente. Goulart é seu melhor jogador. Muito jovem, capaz de marcar muitos gols, atuando entre o ataque e o meio. Elkeson é um goleador, que jogava como meia-atacante e agora joga como um atacante de referência. E atuam com mais um no ataque, que pode ser Robinho. Tem jogadores chineses com capacidade. O lateral-direito é um jogador muito interessante, que poderia jogar na liga espanhola, com boa capacidade para cruzar”, disse Luis Enrique.

Lucho também destacou a série de vitórias e títulos do Guangzhou. “Me parece um time acostumado a ganhar, já que vem sem derrotas. Vi o jogo contra o América e nunca foram inferiores, pelo contrário. Há coisas que temos que ficar atentos. Garanto que é um time que nos surpreendeu e não vai gerar facilidades. E se você observar o que aconteceu nas semifinais anteriores, foram sempre duras. E é um pouco do exemplo que vamos tomar”.

Ricardo Goulart foi artilheiro do Guangzhou no Campeonato Chinês e na Liga dos Campeões da Ásia, onde também foi eleito o melhor jogador da competição.

Foto: Divulgação/Guangzhou Evergrande