Presidente do Santos fala sobre proposta do Palmeiras por Lucas Lima e critica Mattos

A possibilidade de perder Lucas Lima na próxima temporada continua a ser a principal questão envolvendo o Santos no final de 2015. Segundo o presidente do clube, Modesto Roma Júnior, o Peixe não recebeu proposta do Palmeiras pelo meia, mas criticou o diretor de futebol do Palmeiras por não ser ético na busca por reforços.

LEIA MAIS:

Cabem no seu time? Veja a seleção dos jogadores sem contrato após o Brasileirão 2015

Palmeiras: Barrios revela premonição que fez a Mattos quando foi contratado

Destaque do Palmeiras neste ano, Dudu já se imagina no Mundial em 2016

Modesto fala sobre a chance do Santos repatriar Robinho em 2016

Presidente do Santos diz que maior reforço para o Santos já foi contratado: “Responsabilidade”

“O Palmeiras não fez nenhuma proposta [pelo Lucas Lima]. O próprio Paulo Nobre já disse isso. Mas o Paulo tem um funcionário [Alexandre Mattos] que não tem ética e faz proposta para todo o mundo”, disse Modesto, em entrevista ao programa Seleção SporTV, deixando clara sua insatisfação com a forma como o dirigente do Verdão vem atuando no mercado.

Modesto ainda disse que Lucas Lima recebeu apenas uma oferta até o momento, mas, segundo ele, foi muito abaixo do que o Santos espera para liberar o jogador. “Houve apenas uma proposta, de US$ 10 milhões (cerca de R$ 39 milhões), de um time da China. Mas não agradou. Sabemos que o valor do Lucas é muito maior”, advertiu o mandatário do Peixe.

Foto: Flickr Santos FC