Que isso, professor?! Relembre cinco treinadores que perderam completamente a cabeça

Getty Images.

Vestir o terno, sentar no banco de reservas, ir à beirada do campo dar instruções e voltar ao reservado seria o cenário perfeito do treinador ideal, que não arruma polêmica com a torcida, bronca com a arbitragem e nem encrenca com os jogadores. Só que esse perfil de técnico praticamente não existe. A prova disso está logo abaixo, onde relembramos cinco casos em que treinadores perderam a linha. Confira!

1° – Cuca dá cotovelada no rosto de Rentería

 

2° – Jair Picerni se exalta com repórter ousado

 

3° – Dunga insinua que membros da comissão técnica da Argentina são “cheiradores”

 

4° – Mourinho e sua dedada no Barcelona

 

5° – Felipão bom de briga!

 

Getty Images.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.