Relembre. Há 25 anos, o Corinthians conquistava seu primeiro campeonato brasileiro

Nesta quarta-feira (16), o Sport Club Corinthians Paulista, completa, exatos 25 anos do seu primeiro título nacional, o Campeonato Brasileiro de 1990. Comandado pelo hoje comentarista e apresentador Jose Ferreira Neto,  mais conhecido como “Craque Neto”. A equipe do Parque São Jorge se classificou pela última vaga e surpreendeu as grandes equipes nas fases de mata-mata. Vencendo Atlético-MG, Bahia e principalmente um de seus maiores rivais o São Paulo, na final.

LEIA MAIS: VIDEO: Os 25 anos do mais corintiano dos títulos nacionais

Dupla desfeita: depois de perder Jadson, Corinthians vê Renato Augusto perto de deixar o clube

Vale lembrar que todos esses clubes citados já haviam sido campeões em edições anteriores e o favoritismo na época estava sempre contra o Corinthians.

Era uma tarde de domingo, dia 16 de dezembro de 1990, estádio do Morumbi. Ronaldo Giovanelli, Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Marcio, Wilson Mano, Tupãzinho e Mauro; Fabinho e Neto formavam a equipe titular do Corinthians naquele jogo que marcara o fim do jejum e o começo de uma nova era. E o Corinthians sagrou se campeão com o placar de 1 a 0. Gol de Tupãzinho.

A caminhada pelo título não foi nada fácil, a começar pela classificação que só foi acontecer devido ao tropeço do Goiás contra a Portuguesa. Pois o Corinthians havia sido goleado pelo Internacional por 3 a 0 que lutava contra o rebaixamento. Chegando as quartas de final, o “Timão” iria enfrentar o favoritismo do “Galo” e venceu de virada com dois gols do inspirado craque Neto no Pacaembu, que mesmo com problemas de peso, comandou a sua equipe durante todo o campeonato. Na volta a equipe Alvinegra conseguiu segurar o empate em 0 a 0.

Nas semifinais, outra pedreira, o Bicampeão Brasileiro Bahia, e mais uma vez o Alvinegro teve que contar com o craque da camisa 10, para passar de fase. Após sair em desvantagem no placar, Neto e companhia conseguiram a virada no segundo tempo, jogando no Pacaembu, que se encerrou em 2 a 1. No jogo em Salvador, a equipe paulista segurou novamente um empate em 0 a 0, passando para a final da competição que seria a segunda final em campeonatos brasileiros em toda a sua história. A primeira havia sido em 1976.

Chegando a final como a grande surpresa, o Corinthians venceu seu primeiro jogo no estádio do Morumbi por 1 a 0. Gol de Wilson Mano, levando a vantagem do empate para o segundo jogo, que também seria no estádio tricolor.

O São Paulo comandado pelo técnico Telê Santana e de grandes craques como Cafu, Antônio Carlos e Raí, não conseguiram reverter o placar, e ainda viram Tupãzinho aos 8’ minutos do segundo tempo sacramentar o gol que seria do título, levando a loucura os mais de 100 mil torcedores que havia no estádio aquela época, tendo em sua maioria torcedores do Corinthians.

Após aquele ano, o Corinthians deixou de ser um time rotulado de campeão de estadual, para ser chamado, enfim, de campeão nacional. Mas somente na segunda metade da década de 1990, que o time de Parque São Jorge voltou a reinar. Com duas taças consecutivas o Timão se tornou Tricampeão Brasileiro, antes de ser o campeão do País novamente em 2005, 2011 e agora em 2015.

Vale ressaltar que desde de 90, o Corinthians foi o time que mais venceu o Campeonato Brasileiro (são seis conquistas) – com uma média de quase um título a cada quatro anos.



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.