Ronaldinho nos EUA é jogada de marketing do Fluminense e pode nem entrar em campo

negociacoes
Getty Images

O Fluminense conta com Ronaldinho Gaúcho para a disputa da Florida Cup, em janeiro, mas a presença dele é principalmente uma jogada de marketing do clube. É possível até que o meia nem entre em campo.

O vice-presidente de futebol do Fluminense, Mário Bittencourt, revelou que o contrato de Gaúcho não tem nenhum cláusula que exija a presença de dele em campo.

A decisão de usar ou não o camisa 10 será do técnico Eduardo Baptista.

“Negociamos a participação apenas para as partidas, ele não vai treinar, se concentrar e participar da pré-temporada. (A escalação) Vai ficar a critério do treinador, sem atrapalhar a performance da pré-temporada. Não há obrigatoriedade de nenhum dos dois lados”, afirmou Mário em entrevista ao Seleção SporTV.

Segundo o dirigente, o clube tem planos de expandir a sua marca nos Estados Unidos e abrir escolas do clube no país. Por isso, a presença de Ronaldinho no elenco pode ajudar a abrir portas, mas Mário deixou escapar que seria bom que o jogador vestisse a camisa tricolor.

“A ideia é que ele participe dos jogos sim, mas tudo dentro daquilo que o treinador achar necessário e não atrapalhe. É uma competição diferente, vamos usar os jogos para ver nosso time, são jogos de pré-temporada, se for campeão, ótimo”, completou.

A Florida Cup é torneio de pré-temporada a ser disputado nos EUA e que contará com outros clubes brasileiros, como Corinthians, Atlético-MG e Internacional.

Crédito da foto: Getty Images



Editor senior do Torcedores.com, o jornalista formou-se na Universidade Metodista em 2009 e passou pelas redações do Diário do Grande ABC, Agora SP, UOL e Fox Sports, onde fez a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Está no Torcedores desde outubro de 2014.