“Sempre quis jogar o Paulistão pela Ferroviária”, declara o goleiro Rodolfo

Crédito: Divulgação

Logo após o anuncio do retorno de Rodolfo à Ferroviária, o goleiro concedeu entrevista à equipe d’Os Campeões da Bola, no programa Balanço Geral, da Rádio Cultura de Araraquara.

De volta ao clube de Araraquara, com empréstimo até o final do Paulistão, Rodolfo nunca escondeu sua vontade de retornar ao time que ajudou a buscar o acesso à elite paulista.

LEIA MAIS:
Atlético-PR empresta três goleiros à Ferroviária para a disputa do Paulistão

“Logo após o termino da Série A2, já havia manifestado a minha vontade de voltar à Ferroviária em 2016. Até então eu tinha escutado que seria o Santos [outro goleiro do Atlético-PR], mas depois eu recebi a notícia de que voltaria”.

Querido pela torcida, o goleiro espera contar com o apoio de todos durante a disputa do Paulistão 2016. “Tenho certeza que serei bem recebido de novo. O carinho que a torcida tem por mim eu só tenho agradecer. Podem esperar o mesmo Rodolfo que disputou a Série A2, tentando fazer melhor, já que a Série A1 é mais qualificada”.

O goleiro declarou também que está treinando cobranças de falta e relembra o quase gol diante do Guaratinguetá, jogo que marcou o acesso da Ferroviária para o Paulistão.

“O gol poderia ter saído se não fosse o goleiro deles. Foi um ano repleto de vitórias para o time, de conquistas maravilhosas. Na Série A1 é bem difícil e tem que ter um projeto diferente”.

Rodolfo ressaltou ainda o papel importante que o Atlético-PR teve neste ano na sua carreira mesmo não atuando na maioria dos jogos. “Foi uma vitrine muito importante pra mim mesmo não jogando. Fiquei no banco, já que o Weverton é um grande goleiro e estava na titularidade do time. Estava preparado e treinando muito para voltar a meta do Atlético ou de retornar para a Ferroviária”.

O arqueiro grená se reapresenta no dia 4 de janeiro, no CT do Caju, onde a Ferroviária faz a pré-temporada.

Crédito: Divulgação