Time de futebol libera maconha para atletas na Dinamarca

Reprodução/Facebook

Um time de futebol da Dinamarca implantou regras, no mínimo, liberais para seus jogadores: o consumo de maconha é liberado e amplamente difundido. Não é piada. No Christiania Sports Club, equipe amadora da capital do país, Copenhague, a erva é uma realidade presente e estimulada da torida aos dirigentes. Há, até mesmo, uma espécie de “cartilha” para os atletas sobre quando eles podem consumir ou não maconha, de forma a não atrapalhar o rendimento dentro de campo.

LEIA MAIS:
Técnico do Seahawks esquenta “Super Bowl da Maconha” e aconselha uso medicinal da erva
Pego no doping por maconha, lutador do UFC será jurado de concurso da erva
Djokovic reclama de cheiro de maconha durante semi em Montreal
Time de Lugano finge fumar maconha para provocar rival no Paraguai

 

O lema da equipe não deixa dúvidas: “You Will Never Smoke Alone”, que significa “você nunca fumará sozinho”, uma paródia ao lema do Liverpool (“You Will Never Walk Alone”, ou “você nunca caminhará sozinho”). Presente na camisa e na página do Christiania Sports Club no Facebook, a inscrição resume bem a cultura da equipe e a relação com a maconha da região, que surgiu em 1982 no bairro de mesmo nome na capital dinamarquesa.

Vale lembrar que o bairro da Christiania é considerada uma comunidade livre, com população formada por hippies e onde o consumo de maconha é algo corriqueiro. Inclusive para os jogadores de futebol.

“Quando eu entrei aqui, há uns sete, oito anos, o pessoal fumava maconha no intervalo. Era o tempo todo. Hoje a gente se reúne duas horas antes. Quem quiser, fuma na primeira meia hora. Depois, temos 1h30 de concentração em que ninguém pode fumar”, contou ao “UOL” o treinador do Christiania Sports Club, John van der Klein, ex-jogador da equipe.

O Christiania Sports Club, hoje, disputa o acesso para a quarta divisão nacional da Dinamarca.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.