UFC: Site faz levantamento de lutadores que receberam revanche imediata

Stênio Garcia comenta UFC na Globo e fãs não perdoam nas redes sociais
Crédito da foto: Getty Images

José Aldo ainda não terá direito à sua sonhada revanche contra o agora campeão Conor McGregor. A informação foi dita por Dave Sholler, dirigente do UFC, em conversa com Dana White, que ainda disse que se Aldo quiser seu cinturão de volta, terá que aguardar decisão do “falastrão” McGregor.

LEIA MAIS:
José Aldo fala sobre uma possível disputa de cinturão com Frankie Edgar; veja

De acordo com o site Combate, do Sportv, Sholler disse em entrevista coletiva que Dana deu duas opções para McGregor: subir de categoria para lutar com o vencedor de Rafael dos Anjos e Donald Cerrone e deixar o cinturão livre para que Aldo possa disputá-lo novamente ou permanecer na categoria e lutar com o americano Frankie Edgar. Após sua decisão é que saberemos se vamos ver Aldo novamente com o cinturão.

Com a decisão, o UFC vai na contramão de recentes decisões em relação às revanches para ex-campeões. O site Superesportes fez um levantamento de lutadores que perderam o cinturão e tiveram a revanche imediata, diferente do caso de Aldo. Veja abaixo:

  • 21/08/2004 – UFC 49: Randy Couture e Vitor Belfort se enfrentaram no UFC 46, no dia 31/04/2004. Na luta seguinte, Couture recupera o cinturão vencendo, por interrupção médica, no fim do terceiro round.
  • 08/07/2006 – UFC 61: Tim Sylvia enfrentou, no UFC 59, Andrei Arlovski e o venceu com um nocaute. Na revanche, por decisão unânime, Sylvia manteve o cinturão dos pesos-pesados.
  • 08/05/2010 – UFC 113: Lyoto Machida e Maurício Shogun se enfrentaram e Machida venceu por decisão unânime, porém, a vitória foi contestada e, na revanche, Lyoto venceu novamente, agora com um nocaute no primeiro round.
  • 28/08/2010 – UFC 118: BJ Penn enfrentou o americano Frankie Edgar e Frankie venceu por decisão unânime. Na revanche, outra vitória de Edgar também por unanimidade.
  • 11/08/12 – UFC 150: Frankie Edgar também enfrentou Ben Henderson na disputa do cinturão dos pesos-leves, mas desta vez levou a pior. Henderson venceu por decisão unânime, mas na revanche, que também foi vencida por Ben, a decisão foi dividida.
  • 28/12/2013 – UFC 168: Na luta, que podemos dizer a mais aguardada do ano, Chris Weidman impressionou o mundo ao vencer, por nocaute, Anderson Silva e levar o cinturão. Spider, porém, ao ganhar a revanche, quebrou a perna no segundo round, perdendo, assim, a chance de reconquistar o cinturão.
  • 30/08/2014 – UFC 177: No UFC 173, TJ Dillashaw enfrentou o brasileiro Renan Barão e venceu, no quinto round, por nocaute. O brasileiro ganhou a revanche imediata, porém no dia da pesagem passou mal e a luta acabou cancelada.
  • 06/02/2016 – UFC 196: Outra luta também muito aguardada pelo público foi o embate entre Fabricio Werdum e Cain Velasquez. O americano foi finalizado com uma guilhotina e ganhou a chance de conquistar o cinturão, a ser disputada no ano que vem.
  • SEM DATA DEFINIDA: Em duelo recente, no UFC 193, a então invicta Ronda Rousey disputou o cinturão dos galos com a americana Holly Holm e teve sua primeira derrota na carreira, com um nocaute no segundo round. Rousey conseguiu a revanche, a ser disputada assim que a ex-campeã se recuperar.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista e imparcialmente cruzeirense.