Você compraria? Camisa do 7 a 1 “micou” e Nike cancelou lançamento de nova versão

Foto: Reprodução

É a primeira vez que a Nike cancelou o lançamento de uma camisa da seleção brasileira.

Conforme informou a reportagem da Folha, desde 1996 — quando a fabricante de materiais esportivos e a CBF tornaram-se parceiras — nenhum lançamento de camisa foi cancelado. Agora, devido a uma enorme sobra de estoque de peças do Mundial e principalmente ao fracasso do Brasil na Copa 2014, o cancelamento aconteceu.

LEIA MAIS: 
Gabigol vai a jogo da NBA e ganha camisa personalizada
Dunga comenta sobre “bagunça” em concentração da Seleção Brasileira

Os jogos das Eliminatórias da Copa e também amistosos foram jogados com a camisa de 2014. A previsão é que em 2016 o lançamento aconteça

A própria Nike informou que desde 1996, os lançamentos de camisa da seleção brasileira se davam a cada dois anos mas, a partir da Copa na África do Sul, a decisão foi de mudar para anual.

Questionada sobre o assunto, a Nike respondeu que “em decisão tomada em conjunto com a CBF, a seleção masculina vestiu nesta temporada os mesmos uniformes utilizados em 2014”.

Já a CBF disse que “a decisão sobre o lançamento de novas camisas para as grandes competições de 2016 foi tomada entre CBF e Nike no fim de 2014, portanto não tem nenhuma relação com o momento econômico do país ou com qualquer outro fator externo ao futebol”.

A queda das vendas por outro lado, não foi só com a seleção brasileira. Foi apurado pela reportagem que camisas de clubes também tiveram queda nas vendas. O próprio campeão do Brasileirão, o Corinthians, ficou com suas camisas número 2 encalhadas. No meio deste ano, apenas o modelo novo do uniforme número 1 foi lançado. Por conta do hexacampeonato, a camisa preta acabou sendo lançada como a comemorativa do título, utilizada no jogo contra o Vasco.

Foto: Reprodução