Ainda em busca de um centroavante, Inter descarta três nomes

Ricardo Duarte / Internacional

O Inter não esconde de ninguém que ainda busca um centroavante de ofício para a temporada de 2016. Sem Lisandro López, que voltou ao Racing, e Rafael Moura, de malas prontas para o Atlético-MG, o elenco tem nos jovens Bruno Baio e Aylon as únicas opções concretas para o setor. No primeiro ataque montado por Argel na temporada, a dupla de frente foi formada por Sasha e Vitinho.

LEIA MAIS:

Grêmio: mesmo em busca de um atacante, direção recusou Leandro Damião

Ex-Grêmio relembra ordem de Felipão e disputa intensa com D’Alessandro

Nesta janela de transferências, alguns nomes foram especulados no Inter, que não chegou a fechar com nenhum jogador de ataque, excetuando o ponta Marquinhos, que veio do Cruzeiro. Carlos Pellegrini, em entrevista publicada pelo Correio do Povo, neste sábado, descartou três nomes: Leandro Damião, André e Henrique Almeida.

“Nós temos que fazer uma avaliação do nosso grupo e dos jovens que subiram, como o Aylon e o Bruno Baio. Mas é claro que sabemos que precisaremos de um camisa 9 mais tarimbado. Um centroavante de ofício para que o técnico Argel tenha uma opção diferente”, destacou Pellegrini.

Ainda sem um centroavante de ofício integrado ao elenco, o Inter segue a sua pré-temporada na Florida, nos Estados Unidos. Depois de empatar em 3×3 na estreia contra o Leverkusen, na última quarta, o colorado volta a campo no dia 20, a outra quarta-feira, contra o Fluminense, encerrando sua participação no torneio norte-americano.

Foto: Ricardo Duarte / Internacional



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.