Após recusar o futebol chinês, Lucas Lima volta a ser alvo do Porto

Crédito da Foto: Ricardo Saibun/ Santos FC

O Porto voltou a cogitar uma nova investida no meio-campista Lucas Lima, o clube português acredita que por possui uma boa relação com o fundo de investimentos Doyen Sports a transferência possa acontecer.

LEIA MAIS:
Presidente do Santos avisa “O Lucas Lima disse que não quer sair” e estipula preço pelo meia
Parceria à vista? Gabigol posta foto com Robinho e torcida vai à loucura
Robinho pode voltar a jogar com Diego em 2016; entenda
Futebol Feminino: Após lesão, Sereias da Vila voltam aos treinamentos
Mercado da bola: Gigantes da Europa desejam ex-lateral do Santos
FPF divulga tabela do Campeonato Paulista; confira
Snapchat: Confira quais jogadores dos quatro grandes de SP usam o aplicativo

De acordo com o jornal O jogo, de Portugal, o desejo de contar com Lucas Lima passa também pela insatisfação do meia Imbula, que foi contratado por 20 milhões de euros, cerca de R$ 88 milhões, o jogador francês deseja sair do clube, porém, ainda não recebeu nenhuma proposta que agrade o clube.

A equipe portuguesa conta com a Doyen como aliada para tentar tirar o camisa 20 do Peixe, além de possuir 80% dos direitos econômicos do jogador, o fundo de investimentos também poderia ajudar Imbula a encontrar um novo clube.

Em 2015, o presidente do Santos, Modesto Roma Jr, disse em entrevista ao Seleção Sportv que o empresário do jogador, Edson Khodor, havia dito que o Porto teria feito uma proposta pelo meia.

“Em janeiro do ano passado, eu recebi o então empresário do Lucas Lima, o Edson Khodor, que me dizia ter uma proposta de € 5 milhões para levá-lo para fora. Queria o jogador fora do Santos. Nós conversamos e o jogador ficou. Em julho, o Edson foi para Portugal e me disse ter uma proposta de € 13 milhões para levar o Lucas Lima para o Porto”, disse o mandatário.

Em dezembro de 2015, o jogador recusou uma proposta para jogar na China, o mandatário santista na época comentou que o Peixe só responderia a equipe chinesa por educação, por considerar a proposta de 10 milhões de euros parcelada em três vezes muito baixa.

O vínculo de Lucas Lima com o alvinegro é válido até dezembro de 2017. A Doyen Sports possui 80% dos direitos econômicos do jogador, Khodor Soccer 10% e o Santos possuem 10% cada. A multa rescisória do meia é de € 50 milhões, cerca de R$ 220 milhões.

 

Foto: Ricardo Saibun/ Santos FC



Nagila Luz (22) é jornalista formada pela UNITAU.