Dakar: Rodrigues vence nas motos e Marcos Patronelli se aproxima do título nos quadriciclos

Helder Rodrigues (PRT) from Yamaha Racing Yamalube Official Rally races during stage 11 of Rally Dakar 2016 from La Rioja to San Juan, Argentina on January 14, 2016.

Helder Rodrigues venceu nesta sexta-feira (15) a penúltima especial do Rally Dakar, disputada entre San Juan e Villa Carlos Paz, na Argentina. O português, que compete com uma moto Yamaha, completou o estágio de 431 quilômetros em 5h57min24s, faturando a primeira vitória em uma especial na 38ª edição do maior rali do mundo.

LEIA MAIS:
Piloto tem capacete furtado durante etapa do Rally Dakar

A segunda colocação do dia ficou com o australiano Toby Price, líder do Dakar. O piloto da KTM fechou o percurso do dia 7min32s atrasado em relação ao tempo de Rodrigues. Kevin Benavides, com uma Honda, ficou com a terceira posição, seguido por Stefan Svitko, com outra moto KTM. O grupo dos cinco melhores ainda contou com o francês Adrien van Beveren.

A baixa do dia foi o abandono de Paulo Gonçalves. O português, que chegou a liderar o Dakar, sofreu uma forte queda no início da especial. O piloto da Honda perdeu a consciência por alguns minutos e precisou ser levado para um hospital em San Juan para passar por exames, que constataram uma concussão, mas nenhuma fratura ou lesão de maior gravidade.

O dia ainda contou com um fato bizarro: o francês Alain Duclos teve seu capacete furtado enquanto reparava sua moto, após sofrer uma queda. O incidente ocorreu no quilômetro 290 da especial, tendo que esperar até conseguir um novo capacete. Desta forma, o piloto da Sherco terminou o dia apenas na 52ª posição, com 1h20min37s de atraso para o vencedor.

Com os resultados do dia, Toby Price chega à última etapa do Dakar com 46h13min26s, tendo uma vantagem confortável de 37min39s para Stefan Svitko, que aparece na segunda posição. Pablo Quintanilla, chileno da Husqvarna, é o terceiro, seguido por Kevin Benavides. O grupo dos cinco primeiros ainda tem Helder Rodrigues.
Marcos Patronelli se aproxima da vitória

Na briga dos Patronelli, Marcos se aproxima do título

P-20160114-00589_HiRes JPEG 24bit RGB

Marcos Patronelli venceu pela terceira vez uma especial do Rally Dakar de 2016 nos quadriciclos e, de quebra, se aproximou do tricampeonato do maior rali do mundo. O argentino percorreu os 481 quilômetros da especial entre as cidades de San Juan e Villa Carlos Paz, na Argentina, em 6h48min46s.

A segunda posição do dia ficou com o boliviano Walter Nosiglia, que terminou o estágio nove segundos atrás de Marcos Patronelli. Sergey Karyakin ficou com a terceira posição do dia, seguido pelo argentino Jeremias González Ferioli. O grupo dos cinco melhores ainda contou com Alejandro Patronelli, que fechou a especial 4min15s atrasado em relação ao seu irmão e concorrente ao título.

Na classificação geral, Marcos Patronelli segue na liderança do Dakar, agora com 56h24min46s, tempo 4min23s melhor em relação ao irmão e vice-líder Alejandro Patronelli. Sergey Karyakin é o terceiro, com quase duas horas de atraso para o líder. Brian Baragwanath é o quarto, enquanto Jeremias González Ferioli completa o top-5.

Fotos: Red Bull Content Pool



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.