Dakar: Toby Price se torna o primeiro australiano campeão nas motos

Toby Price (AUS) of Red Bull KTM Factory Team races during stage 12 of Rally Dakar 2016 from San Juan to Villa Carlos Paz, Argentina on January 15th, 2016

Toby Price escreveu seu nome na história do Rally Dakar neste sábado (16). O australiano se tornou o primeiro não latino-americano a vencer o maior rali do mundo. Em sua segunda participação, o piloto garantiu o 15º título consecutivo da KTM na prova, ao terminar a última especial da 38ª edição, disputada entre Villa Carlos Paz e Rosário, na Argentina, com a quarta colocação.

LEIA MAIS:
Stephane Peterhansel conquista seu 12º título no Rally Dakar

O desempenho de Price ao longo do Dakar foi impecável. O piloto venceu cinco das 13 especiais da prova, ficando fora das dez primeiras colocações na classificação geral apenas no prólogo. Depois de assumir a liderança logo no segundo estágio, o australiano teve um desempenho ruim na terceira etapa. A primeira posição só foi retomada no oitavo dia de competições, desta vez de forma definitiva.

A vitória na especial ficou com o chileno Pablo Quintanilla, que completou os 180 quilômetros do último trecho cronometrado em 1h51min27s a bordo de uma moto Husqvarna. Kevin Benavides, com uma Honda, garantiu a dobradinha sul-americana na etapa ao terminar 1min41s atrás de Quintanilla, enquanto Hélder Rodrigues completou a lista dos três primeiros.

A classificação final do Dakar entre as motos ficou com Price como vencedor, com 48h09min15s, ficando 39min41s à frente de Stefan Svitko, também piloto da KTM. Pablo Quintanilla foi o terceiro, seguido por Kevin Benavides. O grupo dos cinco melhores do Rally Dakar ainda contou com Hélder Rodrigues, português da Honda.

Foto: Red Bull Content Pool



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.