Dedé diz não estar 100% e com uma perna mais fraca que a outra

Dedé voltou a treinar no final de 2015 e tem ficado entre os titulares do técnico Deivid nos coletivos do Cruzeiro, mas ainda não está 100%. O próprio zagueiro é que assume essa condição.

“Fiquei um ano sem jogar. Esse período de pré-temporada está sendo importante para mim, não estou 100% ainda. Tem um déficit ainda de uma perna para outra”, afirmou, em entrevista ao site do clube.

Por outro lado, ele comenta que o trabalho tem acelerado a recuperação: “Mas estou trabalhando bastante, converso com os médicos, venho sendo elogiado. Está sendo muito bom. Este período de pré-temporada meu será maior que o do restante do pessoal”, continuou.

Dedé rompeu os ligamentos do joelho direito em 2014 e, no ano seguinte, teve que voltar à sala de operações para retirar um parafuso que fez parte de sua perna inflamar, o que atrasou sua volta.

Agora, ele está esperançoso por um bom 2016, tanto para si como para o clube: “Estou no Cruzeiro para buscar títulos e ter um propósito, um dever na minha meta a mais para este ano por ajudar o Deivid a se firmar aqui, um grande amigo e treinador, é o que o futebol brasileiro precisa”, disse.



Jornalista esportivo.