Mercado da Bola 2016: Roteiro se repete e Grêmio descarta atacante argentino

Foto: Divulgação

A janela de transferências não tem sido animadora para o Grêmio nesse início de temporada. Depois de firmar a contratação de três jogadores de defesa, Wallace, Kadu e Fred, o clube segue tentando se reforçar no setor ofensivo. A bola da vez era o atacante argentino Ezequiel Cerutti, do Estudiantes, mas acabou descartado em função do “mercado difícil”.

LEIA MAIS:

Coincidência para 2016? Nas duas Libertadores que venceu, Grêmio era treinado por ex-defensores

Ex-presidente do Grêmio elogia Douglas e DISPARA contra D’Alessandro

Inicialmente, a diretoria gaúcha gostaria de contar com Cerutti por um empréstimo de uma temporada. Contudo, os agentes envolvidos na negociação exigiram a compra do passe para que a transação fosse efetuada. Nesse caso, o Grêmio teria que arcar com cerca de R$ 20 milhões, valor considerado alto demais.

“O Grêmio não está negociando com esse jogador e nem vai negociar. O mercado está realmente muito difícil. Ninguém tem feito grandes anúncios. O mercado está conservador. Há uma dificuldade de resolver questões financeiras, uma supervalorização de alguns mercados, como o argentino”, falou Rui Costa, diretor executivo de futebol do Grêmio.

Mesmo com as dificuldades, o Grêmio ainda pretende anunciar nas próximas semanas o nome de um novo jogador de ataque. Calleri, do Boca, foi oferecido por um grupo de investidores que o comprou do Boca Juniors, mas, segundo Rui Costa, ele deverá reforçar o Atlético-MG. A situação envolvendo Cerutti não é novidade para o tricolor. Anteriormente, as negociações com Lucas Zelarayán e com Fernando Fernández também esbarraram em questões financeiras.

Foto: Divulgação

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.