Mercado da bola 2016: Santos espera lucrar com a ida de Geuvânio para a China

Crédito: Ricardo Saibun / Divulgação

O Santos teria acordado com o valor oferecido pelo Tianjin Quanjian, para vender os direitos econômicos do atacante Geuvânio. No entanto, a venda do atleta ainda não foi sacramentada por conta dos 35% dos direitos que pertence ao Doyen Sports e deseja ter uma fatia na venda do atleta, conforme revela o “Blog do Perrone”.

LEIA MAIS:
Ricardo Oliveira confessa que seria difícil recusar uma oferta do futebol chinês

O Tianjin não teria concordado com a ideia do Santos, pois pensam em pagar os valores para o grupo Doyen Sports em relação aos 35%. Mas o Peixe espera resolver essa divergência com o grupo maltês e a equipe chinsa, para entrar em um acordo para que Geuvânio se transfira para a equipe de Luxa.

O Santos alega que a divergência considera por conta do ex-mandatário santista Odílio Rodrigues, que teria interferido o estatuto do clube ao repassar os direitos econômicos de Geuvânio ao grupo no final de seu mandato. Com isso, a atual diretoria já tenta consertar o erro e recuperar parte dos direitos para lucrar na venda.

Ainda de acordo com o site, enaltece que a Fifa rechaça a participação de empresas e empresários que detém os direitos econômicos de jogadores. Por isso, o Santos, espera resolver o assunto com o agente do jogador para não acionar a entidade.

Foto: Divulgação/Ricardo Saibun/Santos FC



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com