MLS: Time de Kaká não poderá estrear seu novo estádio em 2016

O Orlando City, time de Kaká nos Estados Unidos, que disputa a Major League Soccer (MLS), anunciou que a construção de sua arena, no centro de Orlando, na Flórida, não ficará pronta a ponto da equipe poder esterar no local ainda na temporada 2016. A previsão inicial era que a construção terminasse no segundo semestre deste ano.

LEIA MAIS:

Mercado da bola 2016: Time da MLS anuncia contratação de zagueiro do América-MG

Mercado da bola: Ex-jogador do Manchester United pode se mudar para a MLS em 2016

Desde o ano passado, quando entrou na MLS, o Orlando avisou que construiria um moderno estádio com capacidade para 25 mil, ao preço de US$ 160 milhões. Enquanto isso, jogaria no Citrus Bowl.

Porém, a estimativa mudou e a diretoria resolveu que seria necessário mais tempo. “Infelizmente, a construção do estádio está tomando mais tempo do que o previsto. Dessa forma, para que haja o tempo necessário, tivemos que tomar a prudente decisão de jogar toda a temporada 2016 no Citrus Bowl e e concentrar todos os esforços para que nosso estádio esteja preparado no início de 2017“, explicou o presidente da equipe, Phil Rawlins.

“Isso vai nos permitir que nossos torcedores, vizinhos, parceiros e adversários possam ter uma experiência de primeira classe desde o primeiro dia”, completou.

O time de Kaká jogará a segunda temporada de sua história neste ano na MLS e o principal objetivo é ficar entre os finalistas da competição.

Crédito da foto: Divulgação/Orlando City SC