Piloto tem capacete furtado durante etapa do Rally Dakar

Um fato inusitado pode tirar o francês Alain Duclos da disputa do Rally Dakar em sua penúltima etapa. Nesta sexta-feira (15), após sofrer uma pequena queda de sua moto durante a especial entre as cidades de San Juan e Villa Carlos Paz, na Argentina, o piloto da Sherco teve seu capacete furtado, sendo impedido de seguir na prova.

LEIA MAIS:
Autódromo de Curitiba terá atividades encerradas em junho de 2016

O incidente ocorreu no quilômetro 290 dos 481 que compõem a especial do dia. Duclos havia parado para fazer reparos em sua moto após a queda e, assim que terminou, deu falta de seu capacete. O francês aguarda uma solução para que possa dar prosseguimento ao estágio.

Alguns outros pilotos já completaram a especial, sendo o português Helder Rodrigues, da Yamaha, o mais rápido, com o tempo de 5h57min24s. A liderança do Rally Dakar nas motos é do australiano Toby Price, segundo colocado da etapa desta sexta-feira. Até o início da especial, Duclos aparecia na 20ª posição.

Foto: reprodução/Facebook



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.