Sombra do Gre-Nal: Inter já levou duas outras goleadas de 5 desde o clássico

Gre-Nal
Divulgação/Grêmio

Parece que a nuvem escura formada no dia 9 de agosto de 2015 segue perseguindo o céu colorado. Naquela data, o Grêmio aplicou 5×0 pelo primeiro turno do Brasileirão na Arena e pagou na mesma moeda a derrota sofrida por 5×2, em 1997, no Olímpico, também pelo nacional. 

LEIA MAIS:

Ainda em busca de um centroavante, Inter descarta três nomes

7 gremistas que se empolgaram com a possível contratação de Robinho

Em um Inter desmobilizado e esfacelado, cujo técnico Diego Aguirre fora demitido três dias antes do jogo, o Grêmio não teve a menor dificuldade, e nem piedade, para passar por cima e fazer 5×0. Com a partida ainda empatada em 0x0, Douglas errou um pênalti – o que indica que o placar poderia ter sido ainda maior.

Dois meses depois, o Inter voltou a sentir na pele a dureza de tomar de 5. Dessa vez, ao menos, a goleada não envolveu os profissionais. No primeiro jogo da final do Gauchão sub-17, disputado no dia 31 de outubro de 2015, os juvenis do Grêmio não tomaram o menor conhecimento do rival e fizeram 5×1.

Agora, nesta sexta-feira (15), a sombra voltou a escurecer o Inter. O algoz da ocasião foi o Corinthians, que venceu o Inter por 5×2 pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em um gramado encharcado pelas fortes chuvas ocorridas em São Paulo, o time gaúcho até chegou a estar na frente no placar, mas permitiu a virada e, consequentemente, a goleada.

Foto: Divulgação/Grêmio.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.