Wendell Lira recusa propostas da Europa para ficar no Vila Nova

Reprodução/Facebook

Ganhador do Prêmio Puskas, concedido pela Fifa ao autor do gol mais bonito da temporada 2015, o atacante Wendell Lira afirmou que recebeu propostas de times da Europa e do mundo árabe. Mas recusou todas por um motivo: ele quer ficar no Vila Nova, de Goiás.

LEIA MAIS:
Brasileiro Wendell Lira bate Messi e leva o prêmio de gol mais bonito de 2015
10 fatos curiosos que você não sabia sobre Wendell Lira, vencedor do Prêmio Puskás

 

 

“Apareceram algumas propostas. Equipes de fora, da Arábia e da Europa, por exemplo, me procuraram. Mas eu queria ficar no Vila Nova pelo menos até o meio do ano. Sou muito grato a este clube, que me abriu as portas. Estou totalmente focado nos treinos, sei que a cobrança será grande, mas isso me motiva. Quero jogar ainda melhor. Se aparecer alguma coisa boa para as duas partes, aí a gente conversa. Mas se tiver de sair, espero sair valorizado, por isso, quero atuar bem”, afirmou o atacante de 27 anos.

Wendell Lira fez história no futebol mundial ao desbancar o argentino Lionel Messi, do Barcelona, e o italiano Florenzi, do Roma, na votação de gol mais bonito de 2015. Ele recebeu mais de 1 milhão de votos e venceu a parada com 46,7% da preferência.

O atacante, que marcou o gol antológico com a camisa do Goianésia em março de 2015, estava sem clube quando foi indicado ao Prêmio Puskas. Hoje, ele tem contrato com o Vila Nova até o fim do ano.

Crédito da foto: Reprodução/Facebook



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.