Adiós, Cabezón! Relembre 10 momentos marcantes de D’Alessandro pelo Inter

Porto Alegre
Alexandre Lops / Internacional

Depois de oito anos, 340 partidas, 76 gols, 9 títulos e uma idolatria marcada para sempre na história do clube, o meia D’Alessandro está de saída do Inter. Ele aceitou a proposta do River Plate, seu ex-clube entre 2000 e 2003, e defenderá o atual campeão da América por um empréstimo de um ano. Confira, neste post, 10 momentos marcantes de D’Ale como jogador do Inter.

PRIMEIRO GOL PELO INTER

No Brasileirão de 2008, D’Ale anotou o seu primeiro gol com a camisa colorada em uma vitória por 2×1 sobre o Botafogo, no Engenhão. Relembre:

 

PRIMEIRO GOL EM GRE-NAL

 

FICA, D’ALESSANDRO!

Envolvido em uma negociação com o futebol chinês no início de 2012, D’Ale se emocionou ao ouvir a torcida em peso pedir pela sua permanência em um jogo contra o Once Caldas, pela Libertadores. Ele ficou.

 

EMOCIONADO AO FALAR SOBRE O CLUBE

Não foram poucas vezes em que D’Alessandro se emocionou ao falar do Inter. Em 2013, chorou ao discursar durante a entrega do Prêmio EFE de melhor estrangeiro no país.

 

D’ALE CHORA DEPOIS DE GANHAR A LIBERTADORES EM 2010

O meia argentino não conteve as lágrimas e não conseguiu falar minutos após o título colorado sobre o Chivas, na Libertadores de 2010.

 

CUTUCANDO O RIVAL: “NÃO VI O GRÊMIO GANHAR TÍTULO”

D’Alessandro e Grêmio sempre tiveram uma relação tumultuada. O ídolo colorado gostava de dar uma alfinetada no rival, como na entrevista reproduzida abaixo, dias depois da derrota do Inter para o Mazembe no Mundial de 2010.

 

EXPLOSIVO EM CAMPO

O forte temperamento foi uma das marcas de D’Alessandro em sua longa passagem pelo Inter. Algumas vezes, passou do ponto. Na mais marcante delas, lembramos a histórica briga com o zagueiro William, do Corinthians, na final da Copa do Brasil de 2009.

 

PRESENTE NA INAUGURAÇÃO DO NOVO BEIRA-RIO

Ao lado do eterno Fernandão, D’Ale atacou de mestre de cerimônias na reabertura do Beira-Rio, em abril de 2014. E, claro, não perdeu a chance de provocar o Grêmio.

 

COMEMORANDO A VAGA EM FLORIANÓPOLIS

Na última rodada do Brasileirão de 2014, D’Ale estava fora do time no duelo contra o Figueirense. Mas fez questão de ir à Santa Catarina acompanhar o grupo e invadiu o gramado para comemorar a vaga na Libertadores ao final da partida.

 

NERVOSO COM A IMPRENSA

D’Ale sempre foi protagonista de ótimas entrevistas. Mas quando pisavam em seus calos…

Crédito da foto: Divulgação/Inter.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.