Adversário do Palmeiras na Libertadores perde seu principal artilheiro

O Nacional-URU, rival do Palmeiras na fase de grupos da Copa Libertadores, teve um desfalque de peso a poucos dias da estreia na competição. O centroavante Iván Alonso deixou a equipe de Montevidéu e se transferiu para o River Plate, da Argentina.

LEIA MAIS:

Anistia da Conmebol também beneficia o Rosario Central-ARG, rival do Palmeiras na Libertadores

Vídeo: Cristaldo convoca a torcida do Palmeiras para o duelo contra o São Bento

River Plate-URU bate La U e sai na frente para enfrentar o Palmeiras na Libertadores; veja os gols

Pouco antes de confirmar a contratação do ídolo Andrés D’Alessandro, do Internacional, o River anunciou também a chegada de Alonso. O atacante uruguaio de 36 anos passou por exames médicos em Buenos Aires, foi aprovado e assinou vínculo até junho de 2017. Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados.

“Alonso é um jogador com grandes características, que faz entre 10 a 15 gols por torneio. Acreditamos que sua vinda para cá será boa”, disse Enzo Franchescoli, diretor de futebol do River Plate, ao jornal argentino “Olé”.

Para Alonso, sua idade avançada não vai atrapalahar em nada sua passagem pelo River. “Estou muito bem fisicamente, com muita vontade de vencer e muito maduro. Vivo para o futebol. Me cuido muito”, explicou.

Apesar de já ter 36 anos, Alonso está em plena forma e era o principal goleador do Bolso, apelido do Nacional, no Campeonato Uruguaio (Apertura), com oito gols em 13 jogos.

Na temporada anterior (2014/15), o centroavante foi o maior artilheiro do torneio, com a excelente marca de 15 gols em 21 jogos.

Agora, o time uruguaio tem como opções para formar o seu ataque: Nico Lópes, Sebátian Fernández, Marcio Benítez, Leandro Barcia e Juan Mascia.

Os duelos entre Palmeiras e Nacional, pela Libertadores, estão marcados para os dias 9 de março, em São Paulo, e 17 do mesmo mês, em Montevidéu.

Crédito da foto: Divulgação