Bauza credita empate do São Paulo à falta de pontaria nas finalizações

Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O técnico Edgardo Bauza motivou o resultado em 1 a 1 do São Paulo contra o Cesar Vallejo (PER), pela primeira partida da fase prévia da Libertadores, nesta quarta-feira (3), em Trujillo (PER), à falta de pontaria do time paulista. Afinal, foram duas bolas no travessão (uma de Alan Kardec que acabou ultrapassando a linha, mas não validado pela arbitragem, e outra de Paulo Henrique Ganso).

LEIA MAIS
Calleri marca em estreia pelo São Paulo e vira um dos assuntos mais comentados do Twitter
Galvão Bueno confunde nome de próximo adversário do São Paulo e vira piada na web; veja

“Faltou mais precisão. Nós criamos as situações, faltou um pouco mais de pontaria para definirmos. Pedi que a equipe se tranquilizasse no segundo tempo e, pelo menos, conseguimos o empate”, disse Patón, que vê a equipe evoluindo, apesar dos erros.

“Depois de um mês de trabalho, noto que a equipe segue crescendo. Tivemos alguns erros sobre os quais vamos continuar trabalhando, mas também tivemos muitos acertos e isso me deixa tranquilo”, destacou ele.

“Vamos trabalhar para que a equipe se torne difícil para os rivais. Faltam 90 minutos e, no dia 10, trataremos de fazer uma boa partida e nos classificar, que é nosso primeiro grande objetivo na temporada”, projetou Bauza, que deve utilizar time misto contra o Água Santa, sábado (6), pela segunda rodada do Paulistão.

Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Atualmente como repórter colaborador no site Torcedores.com.