Bola na trave, substituição e título: o último jogo de D’Alessandro pelo Inter

Foto: Reprodução / Premiere FC

O último jogo oficial de Andrés D’Alessandro pelo Inter resume bem o que foi a sua passagem pelo clube. Com sofrimento e emoção, o colorado ganhou nos pênaltis do São José de Porto Alegre depois de um empate em 0x0 no tempo normal. Com a vitória, o Inter sagrou-se pela primeira vez campeão da Recopa Gaúcha. Em 2008, poucos meses depois de sua chegada ao Beira-Rio, D’Ale conquistou a Sul-Americana. Agora, despede-se com outro título.

LEIA MAIS:

Adiós, Cabezón! Relembre 10 momentos marcantes de D’Alessandro pelo Inter

Mercado da Bola 2016: Grêmio dá BALÃO no Inter e anuncia Henrique Almeida

Com voz embargada e lágrimas nos olhos, o gringo anunciou sua saída do clube no meio da tarde. Ele jogará no River Plate, clube que lhe revelou para o mundo do futebol, em 2016. Mas, demonstrando profissionalismo e amor pelos torcedores, D’Ale fez questão de estar em campo na noite de quarta e foi um dos destaques do Inter na vitória nos pênaltis sobre o São José.

No segundo tempo de jogo, o grande momento de D’Alessandro: após capturar um rebote na entrada da área, o camisa 10 limpou o marcador e mandou um foguete de perna direita. Caprichosamente, a bola bateu no travessão do goleiro Fábio e por pouco não fez a alegria dos colorados que foram dar o adeus à D’Ale no Passo D’Areia. Pouco depois, o meia pediu para sair e, ovacionado, foi substituído por Alex.

No fim, D’Alessandro viu do banco de reservas as cobranças das penalidades máximas, que definiram o vencedor da Recopa Gaúcha de 2016. Vitinho, Paulão e Marquinhos fizeram para o Inter. Alisson, que perdeu a sua cobrança, defendeu a do goleiro Fábio e garantiu a conquista para o colorado. Festa para D’Alessandro: antes de levantar a taça do torneio, D’Ale foi erguido pelos próprios companheiros, em uma homenagem que só os grandes ídolos recebem.

Foto: Reprodução / Premiere FC



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.