Botafogo cobra indenização milionária do Porta dos Fundos

Crédito: Reprodução

A novela entre Botafogo e o canal humorístico do YouTube, Porta dos Fundos, ganhou mais um capítulo na justiça. E o Fogão ainda não engoliu bem o famoso vídeo chamado “Patrocínio”, quadro que ironizava os patrocínios pontuais que o clube adotou na disputa do estadual de 2015.

O clube carioca quer R$ 5 milhões de indenização do canal humorístico, segundo informou o portal GloboEsporte.com. Para recorrer, o Porta terá que se pronunciar ainda esse mês e o Botafogo dar uma nova resposta, para que assim seja marcada uma audiência.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Botafogo está perto de anunciar o novo camisa 9
Carioca 2016: Flamengo tem definido palco de clássico contra Fluminense

“O processo está em andamento. O Porta dos Fundos tem mais alguns dias para se defender. Pedimos, no mínimo, R$ 5 milhões. Mas acredito que eles lucraram muito mais com o vídeo. Aguardamos o resultado da perícia”, declarou Domingos Fleury, vice-presidente jurídico do Botafogo ao Globo Esporte.

O valor pedido pelo Bota refere-se ao que o clube ganhou com os patrocínios pontuais, mais a multa diária imposta pela permanência do vídeo ao público, que foi de quase um mês.

A multa serve apenas para o Porta do Fundos. No vídeo, que seria uma ação de lançamento do uniforme do Flamengo com a Adidas, o rubro-negro carioca se esquivou, declarando não ter nenhuma ligação com o grupo de humor, assim como a fornecedora de material esportivo.

Crédito: Reprodução