Lucas di Grassi busca liderança da Fórmula E na Argentina

A Fórmula E fecha neste sábado (6) seu giro pela América do Sul com a realização do ePrix de Buenos Aires, que será disputado em um circuito nas ruas do tradicional distrito de Puerto Madero. O traçado é um dos preferidos de Lucas di Grassi, atual vice-líder da temporada e tenta retomar a ponta da tabela de pontos, perdida para Sébastien Buemi em Punta del Este.

LEIA MAIS:
Renault diz que quer Fernando Alonso

Na atual temporada, Di Grassi tem sido o único piloto capaz de fazer frente aos pilotos da e.Dams. Prova disso é que o brasileiro possui 61 pontos, apenas um a menos em relação ao suíço Sébastien Buemi, após três corridas. O brasileiro possui em sua campanha dois segundos lugares, obtidos em Pequim e Punta del Este, e uma vitória, conquistada em Putrajaya.

“As corridas na América do Sul são obviamente especiais para mim pelo fato de a Fórmula E ainda não correr no Brasil. Apesar disso as pessoas estão gostando muito da categoria; o campeonato está apertado nesta temporada e cada detalhe é crucial. Estamos trabalhando sem parar e o objetivo é novamente somar bons pontos, mas sempre buscando a vitória”, disse o piloto.

O traçado urbano de Buenos Aires possui 2.480 metros de extensão e é considerado o mais rápido de toda a Fórmula E. Na reta principal, que passa ao lado do Rio da Prata, o principal do país sul-americano, os carros superam os 200 km/h, enquanto a curva mais rápida da pista é feita com velocidade próxima dos 170 km/h.

O ePrix de Buenos Aires da Fórmula E acontece no sábado, a partir das 17h, com transmissão ao vivo para o Brasil do canal Fox Sports.

Foto: Duda Bairros



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.