Empresário detona pai de Neymar: “fomos vítima de assalto da pior espécie”

Neymar

O empresário Delcir Sonda, sócio-fundador do Grupo Sonda, concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira em que detonou o pai do atacante Neymar, do Barcelona.

LEIA MAIS:
Pai de Neymar diz que Manchester United é quem quer pagar R$ 700 milhões pelo atacante
Opinião: O ‘Caso Neymar’ é mais uma prova de que nosso futebol é corrupto
Neymar dá caneta de letra incrível em marcador do Valencia; assista

“O pior foi saber que em 2011, o Santos tinha que jogar com o Barcelona no Japão e ali havia se firmado um pré-contrato com o Barcelona. Me sinto traído moralmente e economicamente”, detonou Delcir Sonda.

“Eu teria 40% dos direitos e jamais fui chamado pelo pai do Neymar. É uma indignação enorme. Jamais participei de uma reunião, apesar de ter direito por contrato, fomos traídos. É uma indignação enorme. Não respeitaram meus direitos civis e só agora, na Espanha, começamos a ver o que está se passando. Fomos vítimas de um assalto da pior espécie”, complementou.

Crédito da foto: Getty Images



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com