Herói do título da Copa do Brasil, Fernando Prass vale menos que seu reserva no Palmeiras

Foto: Cesar Greco / Fotoarena

Fernando Prass chegou ao Palmeiras no final de 2012, mesmo sabendo que o clube iria disputar a Série B no ano seguinte. Com o passar do tempo, o camisa 1 foi conquistando seu espaço na galeria de ídolos do clube, inclusive na sessão de goleiros, que tinha como último grande ídolo “São” Marcos. Em 2015 o jogador, enfim, escreveu seu nome na história do Verdão. Prass foi o grande herói da conquista do tricampeonato do Palmeiras na Copa do Brasil. Mas se engana quem pensa que esse luxo fez com que o jogador de 37 anos fosse valorizado.

LEIA MAIS:
Palmeiras 2016: veja quem são os jogadores mais valiosos do elenco
Palmeiras: veja quais jogadores do elenco mais valorizaram para a temporada
Cleiton Xavier e Alecsandro estão entre os jogadores do Palmeiras que mais desvalorizaram em 2015

Calma torcedor, por parte do Palmeiras e da torcida Prass ganhou o reconhecimento que merecia, renovou seu contrato por mais três anos – apesar da idade – e chegou a canhar um moisaico 3D gigante na final da Copa do Brasil. Mas, de acordo com informações do site Transfermarkt, especializado em estatísticas, negociações e transferências de clubes e jogadores, o camisa 1 do Verdão “não vale muita coisa”.

Fernando Prass está avaliado em 750 mil euros, cerca de 3,1 milhões de reais, atrás de seu companheiro de equipe e reserva imediato Vagner, contratado nesta temporada. O goleiro de 26 anos, que chegou do Avaí nesta temporada está avaliado em 1 milhão de euros, cerca de 4,2 milhões de reais.

O que pode ter sido decisivo para esta avaliação é justamente a idade, já que Vagner é nove anos mais novo que Fernando Prass.

Foto: Cesar Greco / Fotoarena / Divulgação