Liga Sul-Americana rejeita proposta da Conmebol

Pouco tempo depois da Conmebol divulgar o aumento da premiação dos jogos da fase de grupos da Libertadores da América, a Liga Sul-Americana de clubes resoveu rejeitar a proposta. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira, depois de reunião realizada em Buenos Aires, na Argentina. As informações são da Agência EFE.

Ao todo, trinta e seis clubes mandaram seus representantes para o encontro na capital portenha. A reunião também contou com a participação de representantes de Atlético Mineiro, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo. Um dos representantes explicou à Agência EFE os motivos que levaram a Liga a rejeitar a proposta da Conmebol.

“Dos 300 mil dólares que recebia cada equipe da fase de grupos, a Conmebol aumentou esse valor para 600 mil. A liga quer, pelo menos, 750 mil dólares.”

Representantes do Boca Juniors, River Plate, San Lorenzo, Independiente e Racing, da Argentina, Peñarol, Nacional e River Plate, do Uruguai, Olimpia, Cerro Porteño, Guarani e Libertad, do Paraguai estavam presentes no encontro. A próxima reunião da Liga Sul-Americana, criada em 11 de janeiro, acontecerá no Rio de Janeiro, em data ainda não confirmada.

Crédito da foto: Divulgação / Site oficial da Conmebol



Produtor executivo da equipe de esportes da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, jornalista e radialista formado pela ECO/UFRJ, operador de áudio, sonoplasta e grande amante de esportes, Rock and Roll e um belo papo de boteco.